fazer um site gratis no aqui

Número total de visualizações de página

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

JOSÉ SÓCRATES EM PRISÃO PREVENTIVA

A medida de coação aplicada a José Sócrates na "Operação Marquês" foi Prisão preventiva.

José Sócrates vai aguardar julgamento em prisão preventiva. O ex-primeiro-ministro é acusado de fraude fiscal, corrupção e branqueamento de capitais, no âmbito de um processo por crimes económicos. Esta é a primeira vez que é aplicada prisão preventiva a um ex-primeiro-ministro em Portugal.

O ex-primeiro-ministro José Sócrates saiu, esta segunda-feira, do Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC) indiciado por fraude fiscal qualificada, branqueamento e corrupção, tendo ficado em prisão preventiva.

O juiz Carlos Alexandre aplicou ainda a medida de coação mais gravosa ao empresário Carlos Santos Silva e ao motorista João Perna. O advogado Gonçalo Trindade aguardará julgamento em liberdade.

As medidas de coação foram anunciadas, às 22.30 horas desta segunda-feira, pela escrivã do Tribunal de Instrução Criminal. Antes dessa comunicação, o advogado de José Sócrates, João Araújo, já tinha dado a conhecer que o seu cliente ficaria em prisão preventiva.

A prisão preventiva só pode ser decretada quando o juiz considerar que há perigo de fuga ou perigo de perturbação do inquérito e, nomeadamente, perigo para a aquisição, conservação ou veracidade da prova ou perigo que os arguidos continuem a actividade criminosa ou perturbem gravamente a ordem e tranquilidade públicas, indica o artigo 204 do Código Processo Penal.

Falando aos jornalistas à saída do Campus da Justiça, o advogado de José Sócrates disse que a decisão do juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal, Carlos Alexandre, "é profundamente injusta e injustificada" e que irá "interpor recurso".

O empresário Carlos Santos Silva, ex-administrador do Grupo Lena, está indiciado por fraude fiscal, branqueamento de capitais e corrupção, enquanto o advogado Gonçalo Ferreira é suspeito de ter cometido os crimes de fraude fiscal e branqueamento de capitais.

Reacção à medida de coação!


Sem comentários:

Publicar um comentário

Seguidores

As mais vistas dos últimos 7 dias

Arquivo do blogue



 
Powered by Blogspot