fazer um site gratis no aqui

Número total de visualizações de página

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

AS CRIANÇAS DA ATUALIDADE CONHECEM O SIGNIFICADO PRÁTICO DO QUE É REALMENTE BRINCAR?

Quando procurava fotos de brincadeiras infantis antigas, deparei-me com um artigo, que mostra algumas destas diversões de um passado não muito distante e que dizia o seguinte:

90% das crianças da actualidade acham que o sinónimo de brinquedo são os jogos de playstation, computador e TV.

Posto isto, o que vejo é que quase todas elas desconhecem o significado prático do que é realmente brincar. Não conhecem actividades lúdicas sadias que fazem bem para o corpo e para a alma e que irão constituir a sua melhor lembrança do passado.

Sinto muito que a infância das crianças de hoje seja entre 4 paredes em frente à TV ou Computador. Já soube de casos de crianças que quando viram uma galinha viva pela primeira vez, assustaram-se... Isto é triste.

Naqueles tempos, as crianças brincavam com crianças, com ou sem brinquedos. Usávamos apenas a imaginação e criatividade.

Quando ganhávamos um presente e que nunca era o que queríamos, aceitávamos, pois era o que os pais podiam dar – e éramos gratos por isso.

Quem foi criança nos anos 60 e 70, sabia o que era brincar, sim senhor!

As crianças eram saudáveis e nada neuróticas. Bebíamos água da torneira, brincávamos na horta, sujávamos todos de terra, e crescemos saudáveis e felizes.

Hoje, com todas as tecnologias e facilidades que as crianças e adolescentes têm, nem assim são felizes, a maioria é revoltada sabe-se lá com quê...

Ainda sou do tempo em que com um tostão íamos á loja e comprávamos 10 rebuçados com cromos de jogadores para completar a caderneta que nos dava uma bola de futebol. Naquela época era simples fazer uma criança feliz!

Tudo se transformava num brinquedo e numa brincadeira.

Eu sempre digo que muitos dos jovens de hoje nunca viveram o que eu vivi, e muitos não chegaram à idade que eu tenho hoje o que é extremamente triste.

Vejo que pertencemos a uma geração que “priorizava os Bons e Velhos Valores” pular à corda, (aqueles quadrados desenhados no chão com giz ou então com uma pedra) e sempre no final da tarde lá vinha a mãe que nos chamava, já era hora de ir para casa...

Era uma época em que se respeitava os mais velhos, pedia-se a benção aos pais e superiores da família...

Viver os anos 60 e 70 foi maravilhoso, as brincadeiras eram saudáveis, ingénuas e puras. Hoje em dia, ninguém mais sabe o que é brincar de verdade. Ninguém mais sabe o que é namorar e casar. Não se conhecia a palavra "bullying" e essas perseguições vergonhosas ainda não era coisa que traumatizava tanto.

Enfim, isso sim foi infância! Sem essas armadilhas tecnológicas que prendem as crianças em frente ao computador...

Porém fico perplexo com o que tenho assistido nos dias de hoje. Pais omissos, filhos rebeldes, sociedade degradada…e assim vai...

E depois diziam que a ditadura era má…e hoje? Funk, wave, drogas, sexo gratuito, faltas de respeito...que mais dizer?

Dava tudo se pudesse para voltar a ser criança. Nem sei porque crescemos...

Gosto de lembrar isso tudo, não com melancolia, mas com aquele sabor de nostalgia, e de saudade.

Tenho um imenso prazer em poder expressar as minhas saudades guardadas de uma época que só dá valor quem a viveu.















Sem comentários:

Publicar um comentário

Seguidores

As mais vistas dos últimos 7 dias

Arquivo do blogue



 
Powered by Blogspot