fazer um site gratis no aqui

Número total de visualizações de página

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

NAS FURNAS É O POVO QUEM MAIS ORDENA

- Conforme noticiado, decorreu ontem a sessão extraordinária da assembleia de freguesia das Furnas, requerida pelos membros eleitos pelo Partido Social-democrata. A população acorreu em massa e a sala de sessões foi pequena para tanta gente. Os populares dirigiram duras críticas à atuação da junta de freguesia e às manobras de intimidação levadas a cabo pelo presidente da câmara com a conivência dos presidentes da junta, da assembleia e dos socialistas na assembleia, que acabaram forçados pela população a lançar um ultimato a Carlos Ávila: ou recua e volta atrás nas tarifas da lagoa das Furnas e na taxa turística municipal, ou a junta terá de se demitir e serem convocadas eleições intercalares. O povo falou na reunião e quer falar nas urnas.

- Aguarda-se, nas próximas horas, o recuo de Carlos Ávila, através de uma comunicação pública, ou, em alternativa a demissão da junta de freguesia e de todos os membros da assembleia, caso tal não venha a suceder até à próxima 2ª-feira.

- A revogação das 2 deliberações deverá acontecer em reunião extraordinária da câmara a convocar ainda hoje e com carácter de urgência ou, no limite, na próxima reunião ordinária da edilidade.

- Os membros eleitos pelo PSD na assembleia de freguesia e a população das Furnas vão estar vigilantes e estão preparados para reagir, através de levantamento popular, caso Carlos Ávila protele a decisão ou não respeite a vontade do povo expressa de forma clara e inequívoca, na reunião de ontem.

- Foi uma vitória do povo das Furnas e uma vitória da democracia contra a arrogância, a prepotência, o medo e a intimidação, que deve constituir um exemplo para os Açores e para o país

- Ninguém pode calar a voz da razão, ninguém calará a voz do povo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores

As mais vistas dos últimos 7 dias

Arquivo do blogue



 
Powered by Blogspot