fazer um site gratis no aqui

Número total de visualizações de página

sábado, 4 de outubro de 2014

CRECHE/J.I. DA FUNDAÇÃO M.I.C.M., POVOAÇÃO, SERÁ ALVO DE INTERVENÇÃO EM 2015

Coesão social e apoio à infância e juventude com reforço de verbas no Plano para 2015.

O Presidente do Governo dos Açores anunciou hoje que a proposta de Plano de Investimentos para 2015 prevê um aumento, em relação a este ano, de mais de 17 por cento das verbas destinadas ao reforço da coesão social, assim como um acréscimo de cerca de 14 por cento do montante para medidas e políticas de apoio à infância e à juventude.

“Isso dá bem nota da determinação de, até ao limite das nossas competências e dos nossos recursos, o Governo dos Açores se assumir como um parceiro e um aliado, não apenas das famílias Açorianas, mas também de um conjunto de instituições que ajudam a concretizar e a por de pé estas políticas e estes resultados”, afirmou Vasco Cordeiro.

O Presidente do Governo, que falava na inauguração da Creche da Casa do Povo da Maia, na ilha de São Miguel, um investimento global de cerca de 900 mil euros, salientou que os resultados na área do apoio social constituem também uma forma de exercer a Autonomia, permitindo definir um caminho próprio.

O Governo dos Açores, segundo disse, está determinado em manter este rumo que permitiu que, na última década e meia, a Região passasse de uma situação em tinha cerca de uma centena de equipamentos que apoiavam cerca de 4.700 crianças e jovens, para a situação de hoje com mais de três centenas de infraestruturas, nas várias valências, que apoiam mais de 12.000 crianças e jovens nas várias ilhas.

Na área do apoio social, “é importante que se tenha a consciência que este não é um trabalho acabado”, frisou Vasco Cordeiro, ao anunciar que, até ao final deste ano, será lançado o concurso público para a construção do Centro de Dia e da Ludoteca da Maia.

Na sua intervenção, Vasco Cordeiro adiantou, ainda, que estão em fase de conclusão ou serão lançados no futuro próximo vários investimentos destinados ao apoio à infância, caso das creches do Centro de Infantil de Angra do Heroísmo, do Patronato de São Miguel, da Santa Casa da Misericórdia de Ponta Delgada e de Água de Pau, a que se junta a conclusão dos processos relativos à requalificação das creches e jardins de infância da Fundação Maria Isabel do Carmo Medeiros, na Povoação, e das Santas Casas da Misericórdia da Vila do Corvo e do Nordeste.

“Trata-se de um conjunto variado de obras que é realizado com o objetivo de criarmos, cada vez mais, as condições para reforçar a coesão social na nossa Região e para garantir as condições para que as famílias possam, também, ter um grau acrescido de satisfação das suas necessidades”, realçou.

Vasco Cordeiro considerou que essa preocupação com a coesão social e com o apoio às crianças e jovens não tem a ver apenas com a construção de obras, apontando o exemplo de um medida criada e concretizada pelo Governo dos Açores - o Complemento Açoriano ao Abono de Família – que abrange mais de 36.700 crianças e jovens de toda a Região.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Seguidores

As mais vistas dos últimos 7 dias

Arquivo do blogue



 
Powered by Blogspot