fazer um site gratis no aqui

Número total de visualizações de página

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

CAÇA AOS ASTERÓIDES! – EBS DA POVOAÇÃO


O projeto de procura de asteróides, International Astronomical Search Collaboration (IASC) é coordenado pelo professor Patrick Miller da Hardin-Simmons University no Texas. No projeto participam escolas de cerca de 40 países.

Em Portugal o projeto é coordenado pelo NUCLIO – Núcleo Interactivo de Astronomia.
O NUCLIO é uma instituição sem fins lucrativos criada em 2001 por astrónomos profissionais e amadores. Os seus objectivos são a divulgação e o ensino da Ciência, em particular da Astronomia e Astrofísica. Aliando investigadores activos em vários domínios de ponta da Astrofísica Moderna, bem como experientes astrónomos amadores, o NUCLIO pretende ser uma referência no meio que se dedica, em Portugal, a actividades de divulgação científica. 
O NUCLIO trouxe o programa para Portugal. Desde 2009 o projeto é coordenado em Portugal pela professora Ana Costa (NUCLIO), cujo trabalho permitiu o crescimento sustentado do IASC em Portugal. O empenho e qualidade do trabalho dos professores e alunos portugueses é reconhecido pelo professor Patrick Miller ao admitir no programa cada vez mais escolas nacionais.


Os alunos matriculados na disciplina de Física do 12º ano da Escola Básica e Secundária da Povoação participaram na última campanha, que decorreu entre 31 de outubro e 28 de novembro (http://iasc.hsutx.edu/iasc/NUCLIO.html).

E não é que deu frutos?! 8 descobertas!!! 🎉💪🍾👏

Estas descobertas preliminares são a 1ª observação de um asteróide. A partir de agora inicia-se um longo caminho, em que a descoberta só ficará confirmada (descoberta provisória) com a 2ª observação, mas o nosso nome ficará desde já ligado a estes asteróides como seus descobridores. A partir da 2ª observação o asteróide passará a ser seguido por vários telescópios e logo que haja um nº de observações suficientes para conhecermos a trajetória (teremos uns 4 a 5 anos de espera...) receberemos um convite do Minor Planet Center para dar nome ao nosso asteróide.


Outros alunos de escolas portuguesas, já "batizaram" um asteróide Lusitano. Esperamos, agora, pelo primeiro asteróide açoriano!!!

Povoação, terça-feira, 18 de dezembro de 2018.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Seguidores

As mais vistas dos últimos 7 dias

Arquivo do blogue



 
Powered by Blogspot