fazer um site gratis no aqui

Número total de visualizações de página

segunda-feira, 30 de março de 2015

O POVOACENSE LUÍS JUNÍPERO APRESENTA-NOS MEMÓRIAS DE ANTIGAMENTE – O SAPATEIRO

Hoje o colecionador povoacense Luís Junípero apresenta-nos a profissão de sapateiro e as suas ferramentas de trabalho. Antigamente possuíam uma pequena tenda móvel que transportavam para vários locais para assim exercer a sua atividade.

Na sua casa Luís Junípero possui um museu com muitas peças antigas representativas de variadas profissões, digno de visita, com muitas histórias para contar.

O Sapateiro  

“o ofício de sapateiro é muito antigo, estando a profissão datada por alguns historiadores como sendo do século I", acrescentando que "nas oficinas, a matéria-prima principal era o couro, utilizado para confecionar ou consertar os sapatos, e o elemento central do espaço era a bancada do sapateiro, pequeno móvel onde eram colocadas as mais variadas ferramentas".

“Este trabalho era considerado uma arte, uma vez que estava associado ao domínio de uma técnica de modelagem e confeção. A profissão de sapateiro era então detentora de fortes traços identitários que se faziam presentes na transmissão do ofício de uma geração a outra”

Com a industrialização desta atividade, a profissão de sapateiro quase deixou de existir, porém ainda persistem alguns sapateiros à moda antiga, que atualmente, para além dos sapatos, intervêm em acessórios como malas, carteiras, cintos ou algumas peças de vestuário.

São Crispim é o patrono dos sapateiros.














Sem comentários:

Publicar um comentário

Seguidores

As mais vistas dos últimos 7 dias

Arquivo do blogue



 
Powered by Blogspot