fazer um site gratis no aqui

Número total de visualizações de página

terça-feira, 13 de maio de 2014

PONTE DE “FERRO” UMA OBRA DE ARTE À ENTRADA DA VILA DA POVOAÇÃO (com vídeo)

À entrada da Vila da Povoação encontra-se uma obra de arte, a Ponte a que chamamos de “Ferro” construída em arco e em pedra, a uma altura bastante considerável.

Naquele tempo os pedreiros utilizavam sobretudo os picões e os escolpes para moldar a pedra, pois esta tinha de ficar perfeita para encaixar no puzzle.

Estamos em crer que esta ponte tenha sido construída com pedra mesmo de cá da Povoação, até porque na altura pedreiras era coisa que abundava por cá.

Aqui vos deixamos com um pouco de história sobre as pontes em arco:

Antiguidade

Provavelmente, a mais antiga ponte em arco é a Ponte de Arcádico, na Grécia, que remonta ao período micênico. Embora a construção de arcos já fosse conhecida pelos gregos e etruscos, os romanos foram os primeiros a utilizá-los na construção de pontes. Os romanos construíram mais de 330 pontes em arco e 54 aquedutos.

As pontes romanas eram, em geral, simicirculares o que permitiu o amplo abastecimento de água nas grandes cidades e evitou que os aquedutos fossem destruídos durante as fortes inundações.

Os romanos desenvolveram vários tipos de pontes em arcos desde as mais tradicionais, com pilares somente nas extremidades até as mais complexas com inúmeros arcos como, por exemplo, a Ponte do Gard na França.

Era Medieval

Na Europa medieval as pontes romanas foram aprimoradas utilizando estruturas com menos pilares. Os arcos góticos também foram acrescentados reduzindo o uso de arcos e pilares sob as estruturas.

No século XIV as pontes em arco alcançaram novos padrões de engenharia com vãos livres de 40 metros (um recorde para a época) e se popularizaram por toda a Europa, principalmente na Itália.

Hoje

Recentemente, pedra e tijolos continuaram a ser usados na construção de pontes em arco junto com materiais mais modernos como ferro fundido, aço e betão.

Veja o vídeo:


A ponte em arco

Uma ponte em arco é uma estrutura semicircular com suportes em cada uma das extremidades. O design do arco, o semicírculo, desvia naturalmente o peso da ponte para os suportes.

Compressão

Pontes em arco vivem sujeitas à força de compressão. Essa força é empurrada para fora pela curva do arco em direção às pilastras.


Tração

A tração em um arco não é importante e pode ser descartada. A curva natural do arco e sua capacidade de dissipar a força para fora reduzem em muito os efeitos de tração sobre a parte de baixo do arco. Quanto maior for o grau de curvatura (quanto maior o semicírculo do arco), no entanto, maiores serão os efeitos da tração na parte de baixo.

Como acabamos de mencionar, o formato do arco por si só é tudo o que é necessário para dissipar, de maneira eficaz, o peso do centro em direção às pilastras. Assim como a ponte em viga, porém, os limites de tamanho eventualmente ultrapassarão a capacidade natural do arco.












Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores

As mais vistas dos últimos 7 dias

Arquivo do blogue



 
Powered by Blogspot