fazer um site gratis no aqui

Número total de visualizações de página

quarta-feira, 23 de outubro de 2019

AINDA HÁ GENTE BOA NESTA TERRA: ACHOU AVULTADA QUANTIA DE DINHEIRO NO CHÃO E DEVOLVEU AO DONO

Foto de: Um Olhar Povoacense
Carlos Alberto Carvalho Pacheco, pedreiro de profissão, é natural da Lomba do Cavaleiro, freguesia de Povoação, filho de José Ferreira e de Maria Silvina. Atualmente e devido à enorme crise que atravessa o nosso concelho a nível laboral, especialmente no setor da construção civil, encontra-se afeto a um programa social e trabalha na Escola Básica e Secundária da Povoação. 

Algo aconteceu no passado dia 25 de setembro quando o povoacense Carlos Pacheco circulava com o seu carro pela Rua Dona Maria II (Rua de Trás), passou por cima de um pacote de papel e achou esquisito o solavanco do carro. Parou de imediato e saiu da sua viatura. Aproximou-se do pacote de papel. Juntou o pacote de papel minuciosamente bem embrulhado do chão e curioso abriu-o. Deparou-se com maços de notas €, muito dinheiro, que não mexeu nem contou. A sua primeira preocupação foi de imediato procurar 3 testemunhas, contar o sucedido e procurar o dono do dinheiro.

O achado deu-se perto da oficina e uma das testemunhas foi o Sr. Ângelo Melo, funcionário daquela oficina e responsável pela bomba de gasolina. O combinado entre as testemunhas foi o de discretamente tentarem saber quem seria o dono do dinheiro caído no alcatrão na via da Rua Dona Maria II.

Passado algum tempo e efetuadas as investigações o Sr. Ângelo Melo contatou o Carlos Pacheco a confirmar-lhe quem era o proprietário do dinheiro por ele achado, pois quem o tinha sumido andava desesperado à sua procura.

O proprietário do dinheiro informado do sucedido, depressa tentou encontrar o Carlos a fim de reclamar e comprovar ser seu o pacote achado na Rua Dona Maria II. 

Nos dias que correm esta não é uma história muito comum e muito menos com final feliz.

Carlos Pacheco entregou o dinheiro ao seu dono com enorme satisfação e sentimento de dever cumprido, pois a sua consciência só descansou quando esse momento aconteceu. O dono do dinheiro confirmou ao Carlos que o pacote continha 3.250,00€, que estavam integralmente intactos. 

De salientar que o proprietário do dinheiro  que foi “miraculosamente” achado pelo Carlos Pacheco na via pública, lhe “compensou”  pelo seu gesto de enorme seriedade, até porque outro o poderia ter achado e nunca mais ter dado sinal dele. 

Moral da história

Hoje em dia é cada vez mais difícil encontrar cidadãos portadores destas qualidades que o Carlos Pacheco possui, homem integro, honesto, preocupado com o próximo e acima de tudo com princípios.   

Um bem haja ao cidadão Carlos Alberto Carvalho Pacheco pela sua honestidade e exemplo para toda a comunidade povoacense.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Seguidores

As mais vistas dos últimos 7 dias

Arquivo do blogue



 
Powered by Blogspot