fazer um site gratis no aqui

Número total de visualizações de página

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

REVERENDO ARISTIDES ZACARIAS PACHECO ARRUDA FILHO DA FREGUESIA DE POVOAÇÃO, VILA DA POVOAÇÃO


Nasceu na Povoação aos 6 de setembro de 1934.

Filho de Joaquim José de Arruda e de Maria do Carmo Pacheco, neto paterno de Joaquim José de Arruda e de Henriqueta Jorgina de Melo e materno de Vitorino Luís Pacheco e de Guilhermina de Jesus Pacheco.

Foi batizado na igreja Matriz da Povoação, pelo Vigário Cooperador Pe. João do Rego Coelho, a 16 de setembro de 1934, sendo padrinhos Virgílio Batista Vasconcelos e sua esposa Ermelinda Isabel Lopes Vasconcelos.

Depois de concluir a quarta classe na Escola da Vila, ingressou no Seminário de Angra no ano letivo 1946/1947. O sacramento do Crisma foi-lhe conferido na Capela do Seminário de Angra, aos 22 de maio de 1947.

Recebeu o Sub-diaconado no dia 21 de abril de 1957; o Diaconado, aos 12 de janeiro de 1958 e o Presbiterado aos 15 de junho de 1958, das mãos de S. Ex.cia Ver.ma D. Manuel Afonso de Carvalho.

Celebrou a sua “Missa Nova”” na igreja Matriz de Nossa Senhora Mãe de Deus, Povoação, aos 22 de junho de 1958.

Atividade Pastoral

Em 11 de outubro de 1958, foi encarregado, verbalmente, da paroquiação de Santa Luzia de Angra, Ilha Terceira.

A 20 de novembro de 1958 veio receber tratamento médico na Povoação.

No dia 1 de março de 1959 ficou encarregado do serviço religioso na igreja de Nossa Senhora dos Remédios, Ouvidoria da Povoação.

A 30 de junho de 1960 recebeu a Provisão de Cooperador da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição de Angra, onde permaneceu até 1967.

No dia 30 de junho de 1967 foi nomeado Vigário Cooperador da igreja Matriz de São Sebastião, Ponta Delgada.

No dia 8 de junho de 1968 é-lhe concedido licença para ir aos Estados Unidos durante os meses de Agosto e Setembro de 1968. A 27 de maio de 1969, é autorizado a passar os meses de junho e julho em Fall River. A 3 de julho de 1971, é autorizado a passar com sua família o mês de agosto, de férias, em New Bedford. A 18 de junho de 1973, é novamente autorizado a passar 45 dias em New Bedford, com início em princípios de agosto. No dia 8 de julho de 1974 é autorizado a visitar a Mãe, doente, em New Bedford, logo que as obrigações o permitam. O mesmo aconteceu no dia 24 de julho de 1975, no dia 6 de julho de 1977.

No dia 20 de janeiro de 1977, tem licença para ir à Clínica de Boston consultar especialista e fazer tratamento.

No dia 1 de julho de 1977 foi-lhe concedido licença para ir para os Estados Unidos da América e ficar como emigrante na Diocese de Fall River, autorização que lhe foi renovada, por mais dois anos, 12 de junho de 1979, e que perdurou até à data da sua morte ocorrida no dia 4 de fevereiro de 2009.

Observações

A 28 de setembro de 1962 é autorizado pela Diocese a escrever nos periódicos de Ponta Delgada.

Em 1967, o Instituto Cultural de Ponta Delgada publicou a obra Testemunhos de uma Geração, Ecos de uma Jornada da JEC, com apresentação e organização do Padre Aristides Zacarias.

A 16 de abril de 1971, é-lhe concedida licença para ir à Exposição e inauguração dos 25 anos do Ensino Técnico em Lisboa, a convite do Ministério da Educação, de 18 a 27 do corrente mês de abril.

Fonte: Clero da Ouvidoria da Povoação de Octávio Henrique Ribeiro de Medeiros (2ª Edição revista e atualizada, ano de 2014).

Povoação, quarta-feira, 9 de janeiro de 2019.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Seguidores

As mais vistas dos últimos 7 dias

Arquivo do blogue



 
Powered by Blogspot