fazer um site gratis no aqui

Número total de visualizações de página

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

OPINIÃO: SEM MEDO

Como é do conhecimento público sou candidato à Junta de Freguesia da Vila da Povoação, mas não é nem pouco mais ou menos nesta qualidade que aqui venho opinar.

Sou um cidadão simples e foi nesta admirável terra que nasci, dei os meus primeiros passos, me tornei criança, jovem e adulto. Portanto conheço muito bem os cantos e recantos da freguesia onde me fiz homem, casei e resido. Conheço toda a população residente. Enquanto membro do quadro ativo da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Povoação permitiu-me ao longo destes anos de serviço lidar e contatar com a população local de uma forma abrangente. 

Vejo que a nossa população procura ser ativa, cada um à sua maneira. Procura um meio de subsistência como sabe e pode. Procura ser parte integrante da sociedade que se insere. Procura viver o dia a dia dentro da normalidade que se exige na civilização moderna. Mas uma coisa certamente não procuram…, o conto do vigário que é transmitido principalmente à classe mais idosa e à classe com défice de formação e informação.

Concordo 100% quando se diz que o medo não existe entre a nossa população e seria absurdo e muito grave se isso acontecesse em pleno século XXI, mas existe outra coisa que se chama receio, sendo este impingido por pessoas que apresentam uma imagem de alguma “santidade” disfarçada, pessoas que se apresentam na casa de Deus todas as semanas com o terço entre os dedos e quando aquela porta sagrada saem esquecem-se dos valores ali transmitidos, valendo tudo para alcançar os seus objectivos. Outros os há que a vergonha já os ultrapassou em todas as frentes, aproveitando-se da sua condição profissional privilegiada para, lá está, alcançar os seus objectivos.

Sem qualquer medo e direito à liberdade de expressão que me assiste em jeito de desabafo partilho com a opinião pública factos infelizes de conhecimento enquanto cidadão.

Não é justo, não é correto, não é saudável, não é de boa educação, não é de boa formação, não, não é desta forma que se diminui a liberdade de pensamento das pessoas simples.

Que todos os povoacenses continuem sem medo porque razões não o há para tê-lo, que continuem fieis à vossa cultura, que continuem acima de tudo com a liberdade do vosso pensamento, porque este é único e é este que conta.

Um bom fim de semana a todos em exceção!

Valter Silva

Povoação, sexta-feira, 29 de setembro de 2017.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores

As mais vistas dos últimos 7 dias

Arquivo do blogue



 
Powered by Blogspot