fazer um site gratis no aqui

quarta-feira, 3 de junho de 2015

LUÍS CANSADO UM JOVEM PROMISSOR DO FUTEBOL MICAELENSE (COM VÍDEO)

O povoacense João Manuel Melo Costa natural da freguesia da Ribeira Quente, com residência na freguesia de Furnas, está atendo ao desporto micaelense e ao que o envolve, principalmente no que diz respeito aos jovens valores na qual poderão fazer a diferença e quiçá dar o salto para clubes de nível profissional. Os seus conhecimentos e contatos ao nível do futebol profissional são privilegiados, de tal forma que já há algum tempo anda a seguir uma jovem promessa do nosso futebol.

Embora não sendo do nosso concelho, apuramos que se trata de um jovem valor com um futuro muito promissor à sua frente, contribuindo desta forma Um Olhar Povoacense para dar a conhecer aos amantes do desporto rei o seu percurso futebolístico e evolução desde a sua formação. O João Costa promoveu-nos um encontro cujo resultado transcrevemos aos nossos seguidores.

Luís Miguel Cansado Ribeiro nasceu a 15 de Setembro de 1998 e é natural da Freguesia do Pico da Pedra. O seu gosto pelo futebol deu-se por volta dos 6 anos de idade, mas só começou a competir oficialmente por volta dos 7, no clube da sua terra. Iniciou-se como atleta no escalão de Escolinhas (época 2006/2007), na Equipa B do Vitória Clube Pico da Pedra onde inicialmente jogou como avançado, mas com o passar do tempo começou a interessar-se pela posição de guarda-redes porque achava piada ao facto de o mesmo ser o único que usava um uniforme diferente dos restantes e, assim foi, o Luís Miguel mudou-se para a posição de guarda-redes.  

O seu começo na posição de guarda-redes foi complicado porque não era tão bom como os outros que já lá estavam e, também porque jogava diversas vezes como suplente, disse o Luís Miguel Cansado ao Um Olhar Povoacense. Depois da sua 1ª época em que pouco jogou, seguiu-se uma nova (época 2007/2008), aí o jovem atleta subiu à equipa A de Escolinhas. Após a realização de muitos treinos com o seu pai no Pinhal da Paz, com o objetivo de ganhar uma maior resistência, massa muscular e agilidade, lá conquistou a tão esperada e desejada titularidade, sendo então esta a época em que o Luís Miguel começou a realizar boas exibições, acabando mesmo por ajudar a sua equipa a conquistar a Taça de São Miguel.

No ano seguinte (época 2008/2009), ainda no escalão de Escolinhas, o Luís Miguel Cansado atingiu o posto de capitão de equipa, conquistando desta feita a supertaça, e, assim, terminou a sua passagem pelo escalão de Escolinhas.

Sobe ao escalão de Infantis (época 2009/2010), onde consegue ao longo da época desportiva boas exibições entre os postes da sua baliza. De salientar que nesta mesma época o jovem atleta do Pico da Pedra conseguiu a sua primeira chamada à seleção de São Miguel para o torneio Inter-ilhas, que se realizou na Ilha do Faial e, onde acabaria por subir ao lugar mais alto do pódio. Depois das boas exibições na época 2009/2010 tanto ao serviço do clube e da seleção, acabaria por surgir o interesse de vários clubes micaelenses no qual o Luís acabaria por optar pelo Grupo Desportivo de São Roque.


Terminada a sua passagem pelo Vitória Clube Pico da Pedra, seguiu-se uma nova etapa, agora com a camisola do Grupo Desportivo de São Roque (época 2010/2011), etapa, esta, que o criou grandes espectativas devido à boa equipa em que estava inserido e às condições que o clube oferecia. O Luís partiu para mais uma boa época conquistando a supertaça, voltando a entrar nas escolhas do Mister da seleção para disputar o Torneio Interassociações que se disputou na Ilha de São Jorge, mais uma vez com a conquista do Torneio, finalizando assim a sua passagem pelo escalão de Infantis.

No ano seguinte (época 2011/2012), avizinhava-se um ano de adaptação para este jovem atleta, até porque fazia a transição de futebol 7 para futebol 11, mas, o certo, foi que o Luís Miguel adaptou-se rapidamente, superando as suas expectativas, mesmo não conquistando nenhum título e mesmo não sendo convocado para a seleção que iria disputar o Torneio Lopes da Silva. Foi um ano muito positivo para este jovem valor. Diz-nos o Luís que nesta transição contou com uma equipa técnica fabulosa, que o ajudou imenso, colocando-o mesmo a realizar alguns jogos no escalão acima (juvenis), onde acabou por disputar a final da Taça de São Miguel.

Sobrepunha-se assim uma nova temporada (época 2012/2013), em que o Luís não criara tantas espectativas como as transatas devido à grave lesão contraída na mão esquerda, fratura do dedo mindinho. Contudo a sua vontade e querer falaram mais alto, conseguindo estar em grande plano e sendo nomeado capitão da equipa de iniciados. Mais uma vez o Luís viria a levantar uma Taça, João Maciel, e também, mais uma vez, realizou muitos jogos no escalão superior (juvenis), em que chegou a ser considerado o melhor Guarda-Redes do Torneio Gilberto Rodrigues (Torneio em que atuou num escalão acima do seu).

Terminada a etapa no escalão de iniciados, o Luís Miguel Cansado iniciava-se numa nova época (2013/2014), mas agora no escalão de juvenis, sendo novamente nomeado capitão de equipa. A época foi passando e o jovem guarda-redes diz-nos que realizou exibições de sonho, salienta que fruto do grande treinador que teve, o Mister Miguel Bastos, e também fruto do seu grande empenho e dedicação (chegava a realizar 2 treinos por dia), acabando por realizar grande parte da época num escalão superior (juniores). O Luís foi novamente chamado para representar a seleção, só que desta feita acabou por representar 3 seleções, sub 16 (do seu escalão), sub 17 e ainda sub 18, o que foi, sem dúvida, uma época marcante a todos os níveis para o jovem guardião. Com esta bem-sucedida época não foi difícil o surgimento do interesse de vários clubes com a proposta para jogar num escalão acima do seu (Juniores), recaindo a escolha do Luís num clube do seu concelho, clube onde o seu querido avô jogou, o Sporting Ideal.

Surge então outra nova etapa na vida futebolística deste pequeno grande atleta (época 2014/2015), mas agora de leão ao peito, continuando o seu entusiasmo elevado, e, ressalva o Luís, a qualidade dos 23 jogadores do plantel, bem como da equipa técnica, que foram de uma qualidade acrescida para o seu desenvolvimento, uma grande família, salientou, “fiz grandes amizades e isso é o melhor que se pode tirar do futebol”. “A época correu-me extremamente bem, consegui uma regularidade fenomenal”, e, reforça o Luís que, muito devido ao Mister Hélder, “pois sempre me incentivou e sempre teve grande disponibilidade para me ajudar”.

Na próxima época diz-nos o jovem guarda-redes que voltará a representar o Sporting Ideal, salientando ao Um Olhar Povoacense que a sua entrega será a mesma, com muita vontade de evoluir e de fazer novas amizades.

A finalizar esta nossa agradável conversa o jovem atleta Luís Miguel Cansado acrescenta, “quero aproveitar esta oportunidade para agradecer a todos os treinadores de uma maneira ou de outra contribuíram para o meu crescimento como futebolista, mas acima de tudo para o meu crescimento como homem, a todos os diretores que deixam as suas famílias para estarem junto de mim e da minha equipa, a todos os adeptos, à minha família, amigos, ao Sr. Pedro Damião Ponte (Um Olhar Povoacense), ao Sr.º João Costa e também a uma pessoa em especial que me tem apoiado muito. Prometo dar sempre o melhor de mim, para conquistar o tão almejado sonho, e no final de tudo, espero ser conhecido não por ser um grande guarda-redes… mas sim uma boa pessoa”.

Um Olhar Povoacense recolheu a opinião de quem trabalha com este jovem valor do futebol micaelense diariamente, o treinador de Guarda-redes do Sporting Clube Ideal Hélder Espanhol.

O Luís Cansado tem 16 anos e vai cumprir ainda mais duas épocas de Júnior...!

Trata-se de um jovem Guarda Redes com umas capacidades Globais acima da média;

Uma forte capacidade Técnica de pés e mão; a nível de execução com os membros inferiores joga bem, fácil, eficaz de primeira ou após o domínio com ambos os pés, tem uma coordenação motora a nível de Elite...;

A nível de capacidades físicas tem uma grande e forte capacidade de velocidade de reacção, muita agilidade e flexibilidade...;

A nível de características Globais, trata-se de um atleta forte mentalmente, inteligente e com uma óptima percepção do jogo, bom e coeso comunicador com a equipa nomeadamente na orientação do seu sector defensivo, principalmente nas bolas paradas, forte e preciso nas tomadas de decisão nomeadamente no jogo aéreo, muito corajoso e bravo nos 1X1 e em tomadas de decisão que pode ferir a integralidade da sua baliza e equipa, é um atleta que tem uma autoconfiança tão grande que modo geral torna o difícil em fácil, em termos de receptividade ao treino é demolidor sempre pronto a todo o tipo de superação física e mental, e, sempre pronto, para ir ao limite focado em superar as suas próprias capacidades, a nível de mentalidade de jogo aqui arrisco a dizer parece já um Sénior de Elite, a nível de porte atlético é forte como uma barra de ferro a nível de altura corresponde à media requisitada...;

Ou seja estamos a falar num atleta igual a todos os outros, não é mais do que ninguém, só tenho de frisar uma coisa porque trabalho com ele arduamente, o Luís Cansado é um fenómeno... Como miúdo, atleta e como um futuro grande Homem que decerto muito em breve vai ser falado não só a nível Regional, mas sim a nível Nacional e além-fronteiras...! Arrisco a dizer isto porque sei do que falo...!

Hélder Espanhol - 03/06/2015

Sem comentários:

Enviar um comentário



 
Powered by Blogspot