fazer um site gratis no aqui

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

1º DIA DO FESTIVAL DA POVOAÇÃO “BOM C’MO MILHO” 2016 (VÍDEO)

Há muito que o Festival de verão “Bom C’mo Milho” tornou-se num local apetecível a miúdos e graúdos. Todos os anos, centenas de festivaleiros deslocam-se até à pequena e pacata Vila povoacense para celebrarem o melhor da música — de lá mas também de cá dentro de portas. Como verdadeiros crentes, são muitos os jovens que trocam o conforto de uma cama quente por uma tenda mal montada, um banho gelado e umas cervejinhas que deixam as mãos congeladas quando o corpo já pede calor. Mas a banda sonora é quase sempre de fazer inveja, e isso faz toda a diferença como valer a pena.

Ontem foi o primeiro dia do Festival da Povoação “Bom C’mo Milho”, um dia calmo, aguardando-se uma maior afluência de festivaleiros a partir de hoje e amanhã.

Passaram ontem no palco principal do Festival da Povoação os micaelenses “Taponas Assassinas” com um tributo ao famoso e malogrado grupo brasileiro de rock cómico Mamonas Assassinas, que durou pouco mais de sete meses, de 23 junho de 1995 a 2 de março de 1996, quando o grupo foi vítima de um acidente aéreo fatal sobre a Serra da Cantareira, o que ocasionou a morte de todos os seus integrantes, causando grande comoção nacional no Brasil. De salientar que uma das vozes de destaque dos “Taponas Assassinas” é o jovem furnense Ruben Moniz Bento. Um bom concerto e que merece o nosso elogio. Um tributo muito bem conseguido e aplaudido por quem o assistiu. Uma boa aposta da organização do Festival da Povoação.


Seguiu-se em palco do Festival da Povoação a banda KUSSONDULOLA, uma banda de reggae angolana residente em Portugal. O líder da banda é o angolano Janelo da Costa. Em 1995 lançaram o seu álbum de estreia, "Tá-se Bem", que incluía sucessos como "Dança No Huambo" e "Perigosa", entre outros. Foi mais um bom momento neste primeiro dia do “Bom C’mo Milho”.


A terminar a primeira noite do Festival “Bom C’mo Milho” seguiu-se a música electrónica, subindo ao palco “Clib Banditz” e Isabel Figueira, elevando estes muitas sensações diante da malta mais nova, pois são estes maioritariamente o público deste tido de música, que, é, nada mais nada menos música que é criada ou modificada (de outros) através do uso de equipamentos e instrumentos eletrónicos.

  CLUB BANDITZ 


  Isabel Figueira


Terminou assim o primeiro dia do Festival “Bom C’mo Milho” 2016 com nota positiva.

Fotos/Vídeos: Gabinete de Comunicação e Imagem da Câmara Municipal da Povoação

Vila da Povoação, Sexta-feira, 26 de agosto de 2016.

Sem comentários:

Enviar um comentário



 
Powered by Blogspot