fazer um site gratis no aqui

Número total de visualizações de página

sexta-feira, 10 de abril de 2020

GOVERNO REGIONAL ANUNCIA QUE CINCO CONCELHOS DOS AÇORES TÊM AMBULÂNCIA E TRIPULAÇÃO DEDICADAS À COVID-19

Foto de: Um Olhar Povoacense
A Secretária Regional da Saúde anunciou hoje que cinco concelhos dos Açores já dispõem de uma ambulância e respetiva tripulação dedicadas exclusivamente a COVID-19, designadamente Ponta Delgada e Ribeira Grande, em São Miguel, Angra do Heroísmo e Praia da Vitória, na ilha Terceira, e Horta, no Faial.

Atualmente e devido à situação no Nordeste e na Povoação, em São Miguel, estes concelhos também dispõem de uma ambulância dedicada, com a respetiva tripulação.

Teresa Machado Luciano, que falava numa audição na Comissão de Política Geral da Assembleia Legislativa, indicou que “este reforço decorre da declaração do estado de contingência e da evolução do surto na Região e visa garantir a segurança de profissionais e utentes”.

Questionada sobre a operacionalidade das evacuações aéreas, a Secretária Regional garantiu que “estão a funcionar em pleno”, acrescentando que “não se verificou qualquer problema até agora”.

“Para ultrapassar as limitações verificadas na linha nacional”, afirmou Teresa Machado Luciano, “foi criada a Linha de Apoio ao Médico dos Açores, tendo sido contratados dois médicos para apoio, sobretudo no que diz respeito à validação de casos suspeitos”.

Foi ainda criada a plataforma informática COVID Açores, para atendimento, validação e acompanhamento dos casos suspeitos, em vigilância e confirmados, acrescentou.

Relativamente às linhas operadas pelo Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, adiantou que já foi implementado o despiste de COVID-19 em todas as chamadas recebidas na Linha de Emergência Médica, acessível através do número europeu de emergência 112.

Em março, esta linha recebeu 2.612 chamadas.

Por sua vez, a Linha de Saúde Açores, que foi reforçada para nove postos de atendimento, recebeu 8.989 chamadas no último mês, sendo 2.847 não relacionadas com a COVID-19, 4.165 sobre dúvidas relacionadas com a COVID-19 e 1.977 que deram origem a casos (sinalizados, contactos próximos e casos suspeitos).

A Secretária Regional da Saúde referiu ainda que “foram enviadas cerca de 122 mil mensagens de telemóvel para os Açorianos, a fim de sensibilizar a população para a adoção das medidas de proteção, sobretudo para a restrição das deslocações”.

Teresa Machado Luciano anunciou também que foram criadas “duas equipas multidisciplinares, no âmbito da Proteção Civil, que podem ser destacadas, se necessário, para qualquer ilha do arquipélago”, a fim de reforçar a capacidade dos serviços de saúde e garantir o comando de operações de proteção e socorro.

Sobre os equipamentos de proteção individual dos agentes de proteção civil e bombeiros dos Açores, Teresa Machado Luciano reiterou que “existe monitorização diária de stocks, tal como acontece no Serviço Regional de Saúde, estando planeados reforços a curto prazo”.

Todas as ambulâncias de socorro foram equipadas com três kits de intervenção biológica, designadamente óculos de proteção, fato com capuz descartável, máscaras de proteção respiratória filtrantes (FFP2), luvas de nitrilo e proteções de calçado.

Por seu lado, o Presidente do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, que também participou nesta audição, afirmou que as cercas sanitárias em São Miguel envolvem atualmente 150 efetivos, num trabalho que tem vindo a contar com “a profunda dedicação de todos”.

Carlos Neves garantiu que todos os profissionais foram dotados com equipamento de proteção individual, adiantando que foram instalados 14 postos de controlo e 16 barreiras físicas em toda a ilha de São Miguel, estando prevista a colocação de mais três barreiras físicas.

GaCS/SRS

Sem comentários:

Publicar um comentário

Seguidores

As mais vistas dos últimos 7 dias

Arquivo do blogue



 
Powered by Blogspot