fazer um site gratis no aqui

Número total de visualizações de página

quarta-feira, 22 de abril de 2020

COMUNICADO DA SECRETARIA REGIONAL DA SAÚDE - COVID-19 - SECRETÁRIA REGIONAL DA SAÚDE EXONEROU DELEGADO DE SAÚDE DE PONTA DELGADA

Na sequência da situação verificada com dois ex-reclusos, que chegaram a Ponta Delgada provenientes de Lisboa e que foram autorizados pelo Delegado de Saúde de Ponta Delgada a deslocar-se ao concelho da Ribeira Grande, em incumprimento do confinamento obrigatório em unidade hoteleira a que tinham de estar sujeitos, a Secretária Regional da Saúde exonerou, com efeitos imediatos, o referido Delegado de Saúde, Eduardo Cunha Vaz.

Para este cargo, e com efeitos a partir de hoje, foi nomeada Larisa Shogenova, médica assistente de Saúde Pública na Unidade de Saúde da Ilha de São de Miguel desde 2018.

A nova Delegada de Saúde de Ponta Delgada fez o Curso de Especialização em Saúde Pública e o Mestrado em Saúde Pública na Escola Nacional de Saúde Pública, da Universidade Nova de Lisboa.

Colabora, desde 2014, na Formação dos Internos de Formação Geral.

O seu estágio de Investigação Epidemiológica em Saúde Pública foi dedicado ao surto de tosse convulsa na região de Lisboa e Vale do Tejo durante o ano de 2012.

Ao longo da sua carreira participou em diversos estudos de âmbito epidemiológico e liderou vários projetos de intervenção no âmbito da Saúde Pública.

Tem formação na área de Auditoria em Saúde Pública e Sanidade Internacional e Medicina de Viagens.

Larisa Shogenova é licenciada em Medicina pela Universidade Estatal de Kabardia-Balkária de H. M. Berbekov, Nalchik, na Rússia, em 2003.

Recorde-se que a Autoridade de Saúde Regional já esclareceu que, relativamente a outros dois ex-reclusos que testaram positivo para COVID-19, estes saíram do Estabelecimento Prisional de Angra do Heroísmo e foram diretamente para o Aeroporto das Lajes para seguir para Ponta Delgada.

Chegados ao Aeroporto de Ponta Delgada, foram diretamente para a unidade hoteleira designada, em viatura indicada para esse efeito, onde foram testados e permanecem, desde essa altura, em confinamento obrigatório.

Este foi o único percurso efetuado por estes dois ex-reclusos desde o momento em que deixaram o Estabelecimento Prisional de Angra do Heroísmo até ao momento em que deram entrada na referida unidade hoteleira em Ponta Delgada.

GaCS/SRS

Sem comentários:

Publicar um comentário

Seguidores

As mais vistas dos últimos 7 dias

Arquivo do blogue



 
Powered by Blogspot