fazer um site gratis no aqui

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

LUÍS CABRAL TEM COSTELA POVOACENSE E VESTIU A CAMISOLA AZUL NA VOLTA A PORTUGAL EM BICICLETA


O jovem Luís Miguel Amaral Cabral nasceu a 16/02/2000 e é natural da Vila de Água de Pau, tem dois irmãos André Filipe Amaral Cabral e Válter Manuel Amaral Cabral, são filhos de Válter Manuel Piques Cabral natural da Vila de Água de Pau e de Adelaide Maria Medeiros Amaral Cabral natural da Vila da Povoação, Lomba do Botão, Freguesia de Povoação. Hoje, o jovem Luís Cabral é um promissor atleta na exigente modalidade do ciclismo, escalão de juniores,  e “Um Olhar Povoacense” vai dar a conhecer aos seus seguidores o trajeto desportivo deste jovem que possui costela povoacense.

A história do Luís Cabral com a bicicleta inicia-se bem cedo, com o seu despertar interesse em aprender andar sobre duas rodas sem motor como qualquer criança. O Luís em conversa mantida com “Um Olhar Povoacense” disse-nos que a sua habilidade para com as bicicletas advém de um dom que nasceu com ele, pois com os seus 5/6 anos começou a andar de bicicleta sem o apoio das “rodinhas”, algo pouco normal para esta idade, e desde então nunca mais parou de andar e cima dela, a bicicleta.

No entanto, foi a partir dos seus 12 anos de idade que começou a levar mais a sério isto de andar de bicicleta, começando a praticar este desporto na categoria de infantis no Clube Desportivo Os Metralhas, situam-se ainda na Escola Básica do Canto da Maia em Ponta Delgada. Continuou a desenvolver o seu trabalho desportivo ao pedal neste clube até ao ano de 2014. O Luís afirmou-nos com aquele brilhozinho nos olhos que o Clube Desportivo Os Metralhas foi o clube que lhe proporcionou a oportunidade de praticar a modalidade desportiva que mais gostava e que se sentia bem. Outra das motivações de praticar a modalidade do ciclismo foi também o de querer estar boa forma física, confidenciando-nos que na altura era um rapaz um pouquinho “corpulento”.

A partir do ano de 2015 o Luís iniciou uma nova etapa na sua recente carreia desportiva, transferindo-se para o Marítimo Sport Clube, sendo este o clube responsável pela sua integração “a sério” no ciclismo, devido a um número de factores, deste ao apoio que lhe prestaram em vários sentidos, bem como de primordial importância lhe terem proporcionado a possibilidade de se iniciar em provas nacionais (Portugal Continental). Luís Cabral foi atleta do Marítimo Sport Clube até ao ano passado (2017), onde obteve uma enorme evolução como ciclista, visto que marcou presença em provas regionais, nacionais e internacionais, obtendo em todas elas excelentes resultados, chamando assim a atenção das equipas nacionais.

Com todos os seus excelentes resultados desportivos, fruto do seu intenso trabalho e sacrifício, não só do Luís, mas também dos  seus pais e de todos aqueles que o apoiam, conseguiu destacar-se e criar impacto nas equipas continentais que, por sua vez, começaram-no a abordar com propostas desportivas interessantes. Estre as equipas que abordaram o jovem atleta micaelense a Vito-Feirense-Blackjack destacou-se, sendo determinante o apoio da mesma desde que o Luís Cabral se iniciou em competições nacionais (2015), “foi uma equipa que sempre me apoiou na assistência durante as provas e na integração num outro nível de ciclismo” vincou o jovem ciclista Luís Cabral.

O jovem ciclista micaelense Luís Cabral acabou por receber formalmente a proposta para integrar a equipa nacional Vito-Feirense-Blackjack, dizendo-nos com orgulho e aquela satisfação de reconhecimento “aceitei sem pensar duas vezes e aqui estou eu em 2018 na Vito-Feirense-Blackjack, uma equipa 100%, quer a nível de amizades, a nível de staff e de profissionalismo”. Diz ainda o Luís “uma equipa que me deu outro tipo de oportunidades que em São Miguel nunca seria possível sequer pensar, permitindo-me estar a um nível e numa forma superior ao normal, o que me possibilitou estar muitas vezes na discussão de vitórias e até mesmo na vitória em muitas corridas”.

Como é óbvio todo este percurso não foi fácil para o Luís Cabral, visto que o ciclismo é um desporto muito caro, e nem sempre lhe foi possível conseguir o melhor. Confidencia-nos o Luís que por vezes as possibilidades financeiras não foram e continuam a não ser as pretendidas. O facto de haver poucos apoios (patrocínios), dificulta uma boa evolução nesta exigente modalidade desportiva, sendo, por isso, necessário ao Luís fazer muitos sacrifícios para poder atingir determinados objetivos. “Um percurso que sempre foi difícil, não só por causa de todas essas dificuldades, mas também pelo facto de estarmos numa ilha, isolados de muitas oportunidades, o que faz com que o ciclismo nos Açores, mais propriamente na minha ilha, São Miguel, evolua lentamente” afirma o jovem atleta de costela povoacense.  Disse-nos ainda “isto faz com que muitos dos nossos jovens desistam do ciclismo, pois a determinada altura tomam a consciência de que a modalidade passa a ser um enorme gasto de tempo e de dinheiro, algo que, infelizmente, acontece a muitos jovens que praticavam ciclismo cá na ilha e que podiam tornar-se em futuros ciclistas profissionais”. “Acho que é preciso ter imenso gosto e muita dedicação para praticar ciclismo a sério em São Miguel” realça Luís Cabral.

A terminar a nossa amável conversa com este jovem atleta ciclista com costela povoacense, reporta-nos com garra e crer as seguintes palavras, “no entanto, a ideia de poder tornar-me um ciclista profissional vai sempre persistir enquanto estiver de inteira saúde! Até porque, é preciso sonhar para conquistar, e este ano sonhei em conquistar algo especial e consegui conquistar (Camisola Azul na Volta a Portugal no escalão de juniores).

O jovem ciclista micaelense Luís Cabral já mostrou que é capaz de ir mais além, quer pelos excelentes resultados que tem vindo a conquistar, quer pela sua garra, esforço, dedicação e humildade, demostrando assim que o ciclismo açoriano pode ir mais além se for realmente apoiado! “Se assim fosse, muitos jovens das nossas 9 ilhas poderiam mostrar a outros níveis o que a “raça açoriana” realmente vale desportivamente!” vinca o júnior Luís Cabral.

Atualmente o promissor ciclista micaelense Luís Miguel Amaral Cabral reside com a sua família na cidade da Ribeira Grande.

Um olhar Povoacense” agradece ao Luís Cabral a sua receptividade em conceder esta entrevista e deseja-lhe muitos sucessos desportivos.

Povoação, Sexta-feira, 31 de agosto de 2018.

Sem comentários:

Enviar um comentário



 
Powered by Blogspot