fazer um site gratis no aqui

domingo, 3 de junho de 2018

AUDIÇÃO DO DIA DA CRIANÇA EM AMBIENTE DE FESTA COM PARTICIPAÇÃO DO RIBEIRAQUENTENSE RAFAEL CARVALHO


O Ribeiraquentense Rafael Carvalho à direita na foto

A IV edição da “Audição do Dia da Criança”, decorrida no passado dia 1 de Junho, na Igreja do Colégio em Ponta Delgada, decorreu num verdadeiro ambiente de “Festa da Viola”

Participaram 22 alunos de Viola da Terra com idades compreendidas entre os 8 e os 83 anos.

A primeira parte contou com apresentações individuais dos 14 Alunos da Classe de Viola da Terra do Conservatório, dos 8 aos 14 anos, que apresentaram muitos temas do nosso Cancioneiro Açoriano, do Cancioneiro do Continente Português, mas também transcrições de outros instrumentos como, por exemplo, o tema “Verdes Anos” de Carlos Paredes.

Nesta primeira parte tivemos a particularidade de ter a apresentação musical de duas alunas, Maria Madalena Antunes e Sofia Vidal, que estão a concluir o seu Curso Básico de Viola da Terra no Conservatório, após 8 a 9 anos de estudo na Escola, tendo entrado na escola com 6 ou 7 anos de idade.

Na segunda parte tivemos apresentações em conjunto. Primeiro pela Classe de Conjunto de Violas da Terra do Conservatório, que conta com 7 alunos, e que apresentou um tema de Zeca Afonso, outro de Roger Tallroth e ainda um arranjo de dois “Viras” tradicionais do Minho.

Seguiu-se a participação especial da Escola de Violas da Fajã de Baixo, que contou com a presença de 8 dos seus 10 alunos. A classe tem alunos dos 11 os 83 anos de idade. Apresentaram 4 temas tradicionais Açorianos: “O chapéu”, “Sapateia do Norte”, “Balho o Santa Maria” e “Merceana”.

No final vários alunos do Conservatório juntaram-se à Escola da Fajã de Baixo no palco para terminarmos a Audição em Festa.

A aluna mais nova, de 8 anos, Beatriz Rodrigues, teve direito a que todos lhe cantassem os parabéns pelo seu aniversário. Numa altura em que o professor Rafael Carvalho fez uma pequena homenagem ao seu aluno mais velho, George Hayes, de 83 anos, e à aluna mais velha, Ana Rêgo, que começou a aprender Viola da Terra aos 60 anos, integrando o primeiro curso que decorreu na Fajã de Baixo, e cuja Escola comemora, este ano, o seu décimo aniversário.

No final todos receberam de oferta o CD “Canções de Cá”, um CD com temas infantis, numa ideia da Educadora Marina Vieira, em que convidou diversos compositores Açorianos para criarem temas para este trabalho e onde a Viola da Terra tem uma importante presença em muitos dos temas.

Em todas as edições da Audição do Dia Criança a Associação de Juventude Viola da Terra tem oferecido aos participantes trabalhos em Livro ou em CD que tenham a Viola da Terra incorporada. Este ano a decisão recaiu sobre o CD “Canções de Cá, que estava a ser lançado no Teatro Micaelense exactamente no mesmo momento em que decorria a Audição.

O evento foi organizado pela Associação de Juventude Viola da Terra e o Conservatório Regional de Ponta Delgada, contou com a colaboração do Museu Carlos Machado e com o apoio da Direcção Regional de Juventude.

Povoação, domingo, 3 de junho de 2018.

Sem comentários:

Enviar um comentário



 
Powered by Blogspot