fazer um site gratis no aqui

sábado, 22 de julho de 2017

FALECEU O POVOACENSE NORBERTO ARAÚJO 22/04/1935 – 21/07/2017

Recebemos a triste notícia do falecimento do povoacense Norberto Plácido Jerónimo Araújo, contava 82 anos de idade, natural e residente na Freguesia de Povoação, Filho de Gil Jerónimo e Carolina Jerónimo (falecidos). Faleceu ontem, 21 de julho, no Hospital do Divino Espírito Santo em Ponta Delgada.

Deixa sua esposa Maria da Conceição Furtado Pimentel Araújo, deixa ainda 4 filhos Valdir Pimentel Araújo, Norberto Pimentel Araújo, Paulo César Pimentel Araújo, Carolina Pimentel Araújo e 4 netos. São seus irmãos, Ilda Jerónimo, Carlos Jerónimo (falecido), Humberto Jerónimo (falecido), Isméria Jerónimo (Falecida), Natália Jerónimo (Falecida), Carmélia Jerónimo (falecida) e Gil Moniz Jerónimo (falecido).

O povoacense Norberto Plácido Jerónimo Araújo que agora nos deixou sempre foi um cidadão muito interventivo na nossa comunidade e amante incondicional da terra que o viu nascer e crescer. O seu historial demonstra o povoacense com P grande que foi: Encarregado durante muitos anos da Secretaria de Agricultura e Pescas, membro directivo da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Povoação, membro directivo do Mira-Mar Sport Clube, Presidente da Associação Cultural e Desportiva do Concelho da Povoação, Irmão Romeiro do Rancho de Povoação, membro do coro da Igreja de Nossa Senhora Mãe de Deus, foi ele o grande obreiro do Parque Zoológico da Povoação, obra que veio dinamizar o centro da Vila e atrair muitos forasteiros a esta pacata localidade.

Enfrentar a perda de um ente querido é um golpe duro. É a despedida mais difícil, e agora que os familiares do povoacense Norberto Araújo estão a passar por isso, desejamos-lhes que nunca lhes falte a força e a esperança.

Pensem que quem partiu apenas seguiu viagem primeiro, e que um dia voltarão a encontrar-se. A morte leva fisicamente a pessoa, mas jamais pode roubar ou apagar a memória de quem foi em vida. E principalmente as lembranças e os sentimentos que ela deixou para trás.

Hoje recordem o seu ente querido com carinho, saudade e muito amor, e assim farão com que a sua memória perdure. Essa é a melhor homenagem que os vivos podem prestar a quem parte.

Muita força a todos os seus familiares. Quem é amado e lembrado, jamais desaparece.

O seu corpo encontra-se em câmara ardente na casa mortuária desta Vila da Povoação e as celebrações fúnebres realizam-se logo às 18h00 rumo à sua última morada, cemitério de Santa Bárbara, Lomba do Carro, Freguesia de Povoação.

Um Olhar Povoacense endereça sentidas condolências em especial à sua esposa filhos, netos e restantes familiares.

Sábado, 22 de julho de 2017.

Sem comentários:

Enviar um comentário



 
Powered by Blogspot