fazer um site gratis no aqui

sexta-feira, 2 de junho de 2017

VASCO CORDEIRO APRESENTA AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA "FOTOGRAFIA" DA REGIÃO

O Presidente do Governo encontrou-se ontem, no Corvo, com o Presidente da República, no início da visita de Marcelo Rebelo de Sousa aos Açores, um encontro que serviu para Vasco Cordeiro apresentar “uma fotografia” da atual situação económica e social da Região.

Este encontro, realizado pouco depois da chegada à mais pequena ilha dos Açores, “permitiu partilhar com o senhor Presidente da República aquilo que podemos chamar de breve fotografia da Região, nomeadamente nas áreas que estão a decorrer de forma mais positiva, mas também os desafios que se colocam em várias componentes”, afirmou Vasco Cordeiro.

Nesse sentido, o Presidente do Governo teve oportunidade de referir que os “Açores passaram de uma situação em que, no primeiro trimestre de 2014, tinham uma taxa de desemprego de 18 por cento, para, no primeiro trimestre de 2017, estarem já abaixo da média nacional, com 9,3 por cento”.

“Em termos de finanças públicas, a nossa situação permite-nos ter uma dívida pública, relativamente ao PIB, na ordem dos 40 por cento, assim como um défice inferior ao nacional, na ordem de 1 por cento”, disse Vasco Cordeiro, acrescentando que, em termos de crescimento económico, as mais recentes estimativas do INE dão conta que, pelas previsões de 2016, os Açores cresceram acima da média nacional, com 2,1 por cento.

“Mas também tive oportunidade de partilhar aquelas áreas em que temos desafios pela frente, caso, por exemplo, da situação do setor leiteiro e das pescas, assim como o nosso inconformismo e o rumo que queremos seguir com a consciência clara do que queremos fazer para lá chegar”, afirmou.

Neste encontro com Marcelo Rebelo de Sousa, que vai permanecer nos Açores até 6 de junho, Vasco Cordeiro partilhou, ainda, o entendimento do Governo dos Açores sobre o processo da Base das Lajes, uma matéria que já tem levado ao Presidente da República por várias vezes desde que tomou posse.

Nesse sentido, o Presidente do Governo destacou o “desfecho favorável” que a componente laboral teve, ao não se registarem despedimentos puro e simples, mas antes rescisões por mútuo acordo, mas também as “questões mais prementes”, como é o caso da questão ambiental.

Outra das matérias abordadas no encontro foi a reforma da Autonomia, que está a decorrer no âmbito da Assembleia Legislativa, com Vasco Cordeiro a referir que “pensar e questionar a forma como a Autonomia se organiza contribui, não apenas para servir melhor os Açorianos, os Açores e Portugal, mas também a forma como pode servir melhor a democracia”.

O Presidente da República estará até 6 de junho nos grupos Ocidental e Central do arquipélago, visitando todos os concelhos das sete ilhas que os integram.

GaCS/PC

Povoação, sexta-feira, 2 de junho de 2017.


Sem comentários:

Enviar um comentário



 
Powered by Blogspot