fazer um site gratis no aqui

segunda-feira, 12 de junho de 2017

MÚSICA NO FRINGE VAI ALÉM MAR

Flores, Pico e São Miguel recebem muita música no Fringe

No fim de semana passado, o Valzinho das Lajes das Flores apresentou Kabeção, o músico conhecido mais pela sua prestação no Portugal Got Talent, com seu instrumento Handpan. Num cenário mágico, na freguesia da Fazenda, o músico recebeu no palco piscina a cantautora Nina, uma das artistas que participa no Fringe desde o início, há 5 anos atrás. Mas a música continua no festival internacional Azores Fringe.

O Museu dos Baleeiros, no Pico, apresenta todas as terças-feiras um programa de performance, incluindo este dia 13 junho Luis Fernandes com seu projeto CACO - onde as imagens produzem sons. O concerto inclui video arte e música experimental coletada numa pesquisa pela ilha montanha e que arrancará pelas 21h30 no Auditório mais emblemático da ilha.

No dia 14 de junho, é a vez de São Miguel e a Associação de Juventude Viola da Terra trazerem-lhe uma nova sugestão, pensada propositadamente para o Azores Fringe Festival: “Sonoridades… uma partilha musical”. Neste evento, três músicos apresentarão peças a solo e, depois, em duo e trio:  Gianna De Toni, no Contrabaixo, Jorge Valério, no Hang Drum e Rafael Carvalho, na Viola da Terra. Esta fusão musical, experimentada pela primeira vez nas nossas ilhas, foi pensada como um serão de partilha musical de sonoridades, dentro daquele que é o âmbito do Fringe e ocorrerá no edifício da Holistika Azores, em Ponta Delgada, pelas 21 horas.

Para informação dos 70 eventos e projetos de mais de 300 artistas de 50 países, a acontecer nas 9 ilhas dos Açores, visite www.azoresfringe.com


Povoação, segunda-feira, 12 de junho de 2017.

Sem comentários:

Enviar um comentário



 
Powered by Blogspot