fazer um site gratis no aqui

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

RAFAEL CARVALHO PREPARA A EDIÇÃO DO ÚLTIMO VOLUME DO SEU “MÉTODO PARA VIOLA DA TERRA”.

“Método para Viola da Terra – Avançado” é o terceiro e último livro desta Colecção.

O músico e professor Açoriano Rafael Carvalho está a finalizar o seu último livro dedicado ao ensino da Viola da Terra.

A Colecção “Método para Viola da Terra” tem já dois livros editados pelo autor. O primeiro para a “Iniciação” e o segundo para o “Básico”. O terceiro e último volume, intitulado de “Avançado”, é direcionado para todos os que desejam aperfeiçoar o seu conhecimento do repertório instrumental da nossa Viola. 

Este “Método para Viola da Terra – Avançado” vem dar continuidade ao trabalho iniciado com os dois Manuais anteriores - Iniciação e Básico. Com este Manual poderão aprofundar os conhecimentos sobre a execução da Viola da Terra, alargando o repertório que conheciam, introduzindo a execução “a duas vozes” e aprendendo a utilizar uma outra afinação na 5.º Ordem (baixando a afinação de Lá para Sol) que era um recurso dos Mestres Tangedores em algumas peças na Tonalidade de Sol.

O autor refere que este Manual, que vem agora completar esta trilogia, foi sempre o objectivo inicial a concretizar. Os livros anteriores tinham o intuito de dar a conhecer a “escrita musical” para a Viola, dotando os aprendizes de um conhecimento geral das peças do Cancioneiro Açoriano que podem ser aplicadas no dia-a-dia. No entanto, o novo livro apresenta peça já raramente executadas, e que são importantes de dar a conhecer.

“Método para Viola da Terra – Avançado” tem peças de vários executantes e Escolas de Violas.

O autor defende que não podemos, no presente, estar formatados apenas para uma forma de abordar a Viola nem restringidos, unicamente, ao repertório do nosso meio envolvente. Os conhecimentos do passado que pertenciam a uma “família de tocadores” são hoje conhecimentos de todos, e é preciso tentar conhecer um contexto cada vez mais alargado para se compreender realmente a essência da Viola da Terra. Por esse motivo fez a recolha e transcreveu peças que aprendeu que aprendi com o seu Mestre Carlos Quental, transcrições dos trabalhos de Miguel de Braga Pimentel, de Arsénio Machado e outros incluídos nas recolhas do Professor Artur Santos, da Escola de Violas da Relva, versões executadas na minha freguesia Ribeira Quente, versões de António Dias de Medeiros que recolhi junto da antiga Emissora Regional Açoriana (RDP Açores), peças do livro Cantigas do Povo dos Açores do Tenente Francisco José Dias, e ainda peças que adaptou da Guitarra Portuguesa ou da Guitarra Clássica.

“Método para Viola da Terra – Avançado” apresenta ferramentas para a aprendizagem da Viola em qualquer Ilha dos Açores, apesar das diferentes afinações.

Esta Colecção de Livros incide sobre a técnica de execução das Ilhas de São Miguel e Santa Maria, apenas com o polegar da mão direita e na afinação Ré, Si, Sol, Ré, Lá (“Afinação em Ré”), mas pode ser utilizado por qualquer tocador de Viola da Terra, de qualquer Ilha ou local, desde que faça as devidas adaptações de digitação à afinação e técnica que utiliza na sua Viola.

No entanto, com o intuito de aproximar este Método à realidade de outras ilhas, o autor decidiu apresentar, no final deste Manual, uma sugestão de um Mapa Geral de Acordes para a “Afinação em Mi” (Mi, Si, Sol, Ré, Lá). É uma ferramenta de trabalho que fica assim disponível e um auxiliar rápido para quem executa a Viola com esta afinação, esperando desta forma inspirar todos os aprendizes a se aproximarem da Viola e incentivar outros executantes a criarem Manuais ou outras contribuições que podem e devem surgir e estar disponíveis a quem deseje aprender a tocar a nossa Viola.

“Método para Viola da Terra – Avançado” mantêm o Priolo como Mascote.

Apresenta-se novamente o Priolo como mascote do novo Manual, numa ilustração criada em 2013 pelo Ilustrador Luís Cardoso.

“Método para Viola da Terra – Avançado” com tecnologia inovadora de acesso a vídeos de apoio online.

Na mesma lógica dos dois livros anteriores cada página tem um código QR (quick reader) a que se pode aceder com o telemóvel e que direcciona as pessoas para os vídeos de apoio online no Youtube. É conveniente utilizar esta ferramenta para complementar a aprendizagem e auxiliar no esclarecimento de dúvidas. Faz-se o download da aplicação no telemóvel e pode-se aceder ao vídeo demonstrativo das 42 partituras que compõem o Manual.

É necessário que a Região crie um plano de acção para o ensino da Viola da Terra nas Escolas Oficiais e a criação de Centros Artísticos que ensinem a mesma em todas as Ilhas dos Açores.

O autor assume que, com este Manual, fecha esta trilogia que tem uma utilidade prática para qualquer pessoa que deseje iniciar os estudos da Viola de Arame dos Açores, sendo os Manuais adoptados pelo Conservatório Regional de Ponta Delgada para o ensino da Viola da Terra na Iniciação e no 1.º e 2.º Ciclos.

Apesar de haver a continuidade de estudos da disciplina de Viola da Terra, em regime de Oferta de Escola, no Curso Secundário de Música, e de estar a ser pesquisado e transcrito material de trabalho para estes alunos, o autor, e responsável por este trabalho de fundo, não prevê o lançamento de mais nenhum livro nos próximos anos.

Rafael Carvalho defende que há ainda muito material para transcrever e adaptar, sendo uma tarefa que nunca chega a terminar no sentido de se continuar a encontrar material que beneficie o estudo e conhecimento do instrumento. No entanto afirma que já fez sozinho, a seu custo e investimento pessoal, com estas 3 edições de autor, muito mais do que seria de esperar e do que contava atingir.

No presente, refere, é necessário que comece a haver o apoio de condições de trabalho, horas dedicadas a investigação, estudo e transcrição de peças, e que as entidades competentes assumam a importância da Viola da Terra definindo um plano de acção a médio e longo prazo para o ensino da Viola. Este plano e esta definição de ideias não existe na nossa Região e não parece vir a existir. Com base em todas estas dificuldades o professor de Viola admite que não pode continuar, sozinho, a elaborar e a custear a criação de material que é do interesse e da obrigação da tutela.

 “Método para Viola da Terra – Avançado” será apresentado na terceira semana de Outubro.

O livro será lançado na terceira semana de Outubro, em data a anunciar brevemente, inserido num grande evento de tocadores de Viola da Terra.

Povoação, segunda-feira, 26 de setembro de 2016

1 comentário:



 
Powered by Blogspot