fazer um site gratis no aqui

sábado, 27 de agosto de 2016

2º DIA DO FESTIVAL DA POVOAÇÃO “BOM C’MO MILHO” 2016 (VÍDEO)

A tarde e início da noite de ontem ameaçaram chuva, mas ao aproximar-se a hora do arranque do 2º dia do Festival da Povoação “by Nissan 2016” as condições metrológicas estabilizaram decorrendo normalmente e de forma agradável a noite festiva.

Os micaelenses “Lado Lunar” abriram a segunda noite do Festival da Povoação “Bom C’mo Milho”. A banda “Lado Lunar” foi criada em 2008 por iniciativa de Filipe Cabral (vocalista) que contou com o apoio dos restantes quatro elementos da banda. Além de Filipe Cabral (vocalista) fazem parte de “Lado Lunar” Félix Medeiros (guitarra solo), André Ferreira (baixo), João Bettencourt (bateria) e Hugo Medeiros (teclas). Esta banda açoriana já conta com vários temas originais, que têm sido bem aceites pelo público, tal como o foram ontem no festival da Povoação.


                                 Ftoto: Facebook Dengaz
Seguiu-se a banda mais esperada da noite “Dengaz”, colocando a malta mais jovem a vibrar. Luís Mendes mais conhecido por DENGAZ. Português, 29 anos, solteiro com uma filha, mora na zona de Cascais. Rapper, músico e motivador da family pelas músicas que cria. Começou a sua carreira aos 14 anos com uns amigos que depois mais tarde fundaram um grupo musical chamado “Dinastia”. Foi reconhecido na Rádio Marginal no Hip-Hop Dont Stop que originou o seu primeiro concerto com os Dinastia. Mais tarde, abandonou o Hip-hop e voltou à música com a banda de reggae “Innasterio”. De seguida, lançou um EP intitulado “BigUp” com o qual conseguiu adquirir uma grande experiência em palco. (Ex: Semana Académica de Lisboa, Sudoeste TMN, etc…). Voltou ao Hip-Hop a solo lançando o seu primeiro álbum intitulado “Skill, Respeito & Humildade” ficando assim uma marca na música portuguesa. Hoje em dia é conhecido mundialmente pelas músicas “Skill, Respeito & Humildade”, “From The Heart”, “Eu consigo”, etc… Durante este percurso atuou em vários palcos portugueses entre eles participou no “Festival Musa 2010” e na primeira parte do concerto de Richie Campbell no campo pequeno em 2011. Já teve oportunidade de trabalhar com vários artistas e produtores, incluindo Richie Campbell, Praga (Nigga Poison), Dino, Sagaz, Carolina Deslandes, Clayton (USA) e Madkutz.


A terminar a noite como não poderia deixar de ser a música electrónica com Blasterjaxx e seguidamente Marta Ruby & Joana Best, levando estes ao rubro a malta jovem, que cada vez mais adere aos festivais com o intuito de curtir este tipo de música.

O que um DJ faz?

Destila ou purifica qualidade musical. Seleciona músicas ou gravações e através delas cria uma performance improvisada de acordo com o tempo, o lugar e as pessoas. Numa festa ou clube, o DJ não está apenas a tocar uns discos, ele está a criar uma atmosfera, gerando sentimentos e respondendo à reação das pessoas. Um DJ médio tem a capacidade de mexer no humor das pessoas dançando, um DJ excepcional é capaz de fazer uma multidão inteira apaixonar-se.

  Blasterjaxx 

Marta Ruby & Joana Best 


Terminou desta forma o segundo dia do Festival “Bom C’mo Milho” 2016, com mais festivaleiros que no primeiro dia e mais uma vez com nota positiva.

Fotos/Vídeos: Gabinete de Comunicação e Imagem da Câmara Municipal da Povoação

Vila da Povoação, Sábado, 27 de agosto de 2016.

Sem comentários:

Enviar um comentário



 
Powered by Blogspot