fazer um site gratis no aqui

segunda-feira, 25 de julho de 2016

A POVOACENSE ELIZABETE GOUVEIA DE DESENHADORA DE MODA A FADISTA (COM VÍDEO)

A Luso-canadiana Elizabete Fortuna Gouveia é natural da Freguesia de Nª Sr.ª dos Remédios, Lomba do Alcaide, onde nasceu e cresceu até aos 11 anos de idade, emigrando com os seus pais para o Canadá, Vila de Leamington, Ontario, transportando consigo as suas raízes e o fado na voz da grande fadista internacional Amália Rodrigues. 

Há quem diga que esta linda povoacense já gostava de fado antes de nascer. A sua mãe era costureira e durante a sua gravidez passava serões à máquina de costura ouvindo fados na rádio regional.

Enquanto menina Elisabete adorava brincar com as suas bonecas e idealizava modelos de vestidos para as vestir. Enquanto modelava os vestidos para as suas bonecas já cantava o “Xaile de Minha Mãe”. No Canadá tirou o curso de desenhadora de moda, exercendo a profissão durante 12 anos.

No ano de 2000 Elizabete casou com Tony Gouveia (artista de fado) e mudou-se para Kitchener. O seu marido ao ouvir a sua linda mulher a cantar fado em casa captou algo de muito especial no timbre da sua voz e no sentimento genuíno com que empregava o canto, e foi Graças à sua persistência que convenceu Elizabete a subir ao palco para cantar. A povoacense Elizabete cantou em público pela primeira vez (8 fados) em Abril de 2010 na cidade de Cambridge num salão repleto, para cima de 500 pessoas.

Seguidamente à sua primeira atuação começaram a surgir vários convites para cantar, e, logo após uma primeira atuação em Toronto, foi convidada pela Casa do Alentejo de Toronto para fazer a primeira parte do show do consagrado fadista internacional Carlos do Carmo.

A pedido de um grande número de admiradores e do seu marido Elisabete decide gravar o seu primeiro álbum com o título, “Paixão”, acontecendo o seu lançamento a 25 de Abril de 2015. O conteúdo do CD revela a influência de Amália Rodrigues na escolha dos temas. A gravação foi feita em Mississauga no estúdio Midi-tech por Hernani Raposo, o qual também tocou todos os instrumentos. A produção esteve a cargo dele e também do seu marido Tony Gouveia.

O sucesso musical da Luso-canadiana Elizabete Gouveia é particularmente um orgulho para a Freguesia de Nº Sr.ª dos Remédios e em geral para o concelho da Povoação, pois ver a ascensão de uma filha da terra é algo que nos deixa a todos radiantes.

Um Olhar Povoacense deseja continuação de sucessos na carreira da nossa conterrânea Elizabete Fortuna Gouveia e fazemos votos que um dia receba convite para vir atuar à sua terra natal.  

Link da página de Elizabete Fado:



Carregue nos link’s abaixo e visualize os vídeos:


Sem comentários:

Enviar um comentário



 
Powered by Blogspot