fazer um site gratis no aqui

terça-feira, 7 de junho de 2016

FAZ HOJE 13 ANOS QUE FALECEU O RIBEIRAQUENTENSE DEODATO COSTA

Pois é, já se passaram 13 anos do desaparecimento deste nosso irmão ribeiraquentense, Deodato Cardoso Costa, infelizmente ou tragicamente faleceu por atropelamento.

Decorria o ano de 2003, dia 7 de junho, num sábado à noite em pleno arraial de festividades de Pentecostes na Freguesia da Ribeira Quente, algum pessoal para ouvir o conjunto musical “Accional” quando de repente uma notícia passou tipo relâmpago entre as pessoas: O Deodato morreu!

O Deodato era um animador nato na sua Freguesia, um rapaz calmo e tímido, só se libertava depois de tomar alguns copinhos. Aquando da quadra festiva do Natal, vários grupos o queriam integrado no seu a fim de irem presentear as famílias da terra com as tradicionais boas festas, pois com o Deodato presente a animação era sempre garantida. Quando chagava algum emigrante de visita à sua querida Freguesia, aquando da sua despedida lá estava o Deodato a animar o serão. Na quadra festiva do Carnaval o Deodato extravasava a sua alegria e a sua indumentária era sempre de mulher. Também a sua integração e trabalho para com grupos de jovens da sua Freguesia, Escuteiros, Grupo Coral, Mordomias do Espírito Santo, Festa do Chicharro etc… são de salientar. Na abertura das festas e nos arraiais chegada a comparecer mais povo para o ver do que outros conjuntos vindos de fora, nos intervalos dos conjuntos (horas mortas) ele subia ao palco já com alguma pinga na cabeça e animava a malta com as suas anedotas, até tinha ele um grupo musical de seu nome “Didi e Suas Bailarinas”.

Tinha ele o seu jeito de ser e de estar, fazia as suas brincadeiras de forma a não ofender ninguém, era amigo do seu amigo, gostava de viver a vida com alegria e acima de tudo adorava a sua Ribeira Quente.

Para quem conheceu e conviveu de perto com o Deodato sabe de tudo isto e muito mais, para quem não o conheceu é sempre relevante transmitir às gerações vindouras as qualidades de um filho da terra, que embora tenha prematuramente partido de encontro ao Senhor não deve ser esquecido.

Foi um amigo que proporcionou a quem está por detrás de Um Olhar Povoacense alguns bons momentos de diversão e alegria em tempo da minha passagem pelos Escuteiros.

Que estejas num bom lugar caro amigo Deodato. Paz à sua Alma!

Povoação, 7 de Junho de 2016.    

Sem comentários:

Enviar um comentário



 
Powered by Blogspot