fazer um site gratis no aqui

segunda-feira, 11 de abril de 2016

OUVIDORIA DA POVOAÇÃO ORGANIZA GRANDE FESTA NO PRÓXIMO DIA 24 DE ABRIL

Comemoração dos 100 anos da criação da Ouvidoria da Povoação 24-04-1916/24-04-2016

No próximo dia 24 de Abril de 2016, a Ouvidoria da Povoação irá celebrar o seu 1º Centenário de existência. É uma data que não podemos deixar de assinalar, pois é um momento de dar graças a Deus por todos os benefícios que nos tem concedido ao longo destes anos.

A Ouvidoria foi criada no dia 24 de Abril de 1916, por Sua Excelência Reverendíssima D. MANUEL DAMASCENO DA COSTA, a fim de poder com maior facilidade e eficácia exercer a sua missão pastoral na vasta ilha de São Miguel por intermédio dos Reverendos Ouvidores que melhor poderão também cumprir os graves encargos, que lhes estão inerentes; e ainda porque mais favorecidos ficam o Clero e os Fiéis em todos os serviços. Por estes motivos, o senhor Bispo elevou a sete as Ouvidorias da ilha. A 3.ª delas seria constituída por: Ribeira Quente, Furnas, Nossa Senhora Mãe de Deus, Lomba do Loução, Faial da Terra e Água Retorta. Logo no dia seguinte, 25 de Abril de 1916, foi passada Provisão de Ouvidor para a 3ª ouvidoria da ilha de são Miguel ao Padre Ernesto Jacinto Raposo, nascido na Lomba do Pomar aos 12 de Dezembro de 1875 e falecido aos 11 de Setembro de 1940.

Depois do Pe. Ernesto, foram Ouvidores: Monsenhor JOÃO MAURÍCIO DE AMARAL FERREIRA, nascido na Povoação aos 22 de Setembro de 1914 e falecido aos 20 de Maio de 1977; PADRE JOSÉ FERNANDES DE MEDEIROS, nascido no Faial da Terra aos 12 de Novembro de 1932; PADRE SILVINO AMARAL, nascido na Povoação aos 5 de Fevereiro de 1934; PADRE OCTÁVIO HENRIQUE RIBEIRO DE MEDEIROS, nascido na Povoação aos 27 de Dezembro de 1944 e o actual, PADRE RICARDO MANUEL MELO PIMENTEL, nascido em Rabo do Peixe aos 4 de Março de 1979.

A Equipa sacerdotal da então criada Ouvidoria, além do Ouvidor, Pároco da Matriz da Povoação, era constituída pelos sacerdotes: Pe. Dionísio Moniz de Almeida (Povoação); Padre Manuel José Teixeira (Lomba do Loução); Padre Manuel de Sousa Resendes (Água Retorta); Padre Urbano Pacheco de Melo (Faial da Terra); Padre Ângelo de Amaral (Ribeira Quente); Padre José Jacinto Botelho (Furnas). Muitos outros se lhes seguiram no trabalho pastoral desta porção do Povo de Deus. Esta data é um bom pretexto para celebrar a memória de todos eles. Igual memória deve ser feita às centenas de Catequistas, membros das Comissões, elementos dos Grupos Corais e tantos cristãos anónimos que, generosamente, ajudaram a Igreja nesta Ouvidoria.

Assinalamos o dia 24 de Abril, dia da criação da Ouvidoria, com o seguinte programa:

15:00 – Chegada das Imagens dos Padroeiros vindos das 6 Paróquias que constituem a Ouvidoria. (Saliente-se que a Imagem de São Paulo, padroeiro de uma freguesia piscatória, virá pelo mar acompanhado pelos pescadores, desembarcando no porto da Povoação).

16:00 – Missa Solene presidida pelo Sr. Padre Doutor Hélder Fonseca Mendes, Vigário Geral da Diocese, em representação do Sr. Bispo de Angra; a Missa será cantada pelo Coral da Ouvidoria criado para o efeito.

17:00 – Procissão dos Padroeiros (N.ª S.ª da Penha de França – Água Retorta; N.ª S.ª da Graça – Faial da Terra; N.ª S.ª dos Remédios – Lomba do Loução; N.ª Sr.ª Mãe de Deus – Padroeira da Ouvidoria e da Povoação); Sant´Ana – Furnas; São Paulo – Ribeira Quente);

Na Procissão irão incorporar-se cinco Filarmónicas da Ouvidoria: Harmónica Furnense; N.ª Sr.ª da Penha de França; Sagrado Coração de Jesus; Marcial Troféu e São Paulo; os Impérios do Espírito Santo – Seminaristas – Sacerdotes – Escuteiros (3 agrupamentos) – Romeiros (3 ranchos) – Autoridades concelhias – Instituições Culturais e Desportivas.

Estamos confiantes de que esta FESTA será transformada na FESTA DE TODA A OUVIDORIA e de todos os que nos queiram acompanhar nesta data que, para nós, é muito significativa.

Sem comentários:

Enviar um comentário



 
Powered by Blogspot