fazer um site gratis no aqui

segunda-feira, 14 de março de 2016

MORREU O ATOR PORTUGUÊS NICOLAU BREYNER (VÍDEO)

O ator, produtor e realizador de televisão morreu hoje, dia 14 de março, aos 75 anos.

Nascido em Serpa, a 30 de julho de 1940, João Nicolau de Melo Breyner Moreira Lopes, ator e realizador português mais conhecido apenas por Nicolau Breyner, faleceu hoje, dia 14 de março de 2016, vítima de ataque cardíaco. O corpo do ator foi encontrado em sua casa, por volta das 15 horas, depois de Nicolau Breyner não ter aparecido na Academia NB, escola de atores criada e gerida por ele. A notícia foi avançada por diversos meios de comunicação portugueses, tanto de televisão como online. O ator, de 75 anos, tinha sofrido também de cancro da próstata, que lhe foi diagnosticado em 2009.


Numa declaração oficial realizada pouco passava das 17 horas, o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, muito emocionado, falou da carreira muito rica do amigo Nicolau Breyner, "uma grande pessoa como artista". 

Ainda na passada quinta-feira o artista esteve numa conferência em Cascais com Francisco Pinto Balsemão. Atualmente, o ator estava a gravar a nova novela da TVI, de seu nome "A Impostora", em que dava vida à personagem Edmundo Gaspar.

Reconhecido como um dos grandes atores portugueses da sua geração, e de sempre, Nicolau Breyner deixa-nos um legado enorme no que toca a teatro, televisão e cinema. Estreou-se em televisão com "As Aventuras De Pascale", em 1966, e foi ator e co-autor de "Vila Faia", a primeira telenovela portuguesa. Foi um dos grandes nomes do humor em Portugal com as séries de comédia "Eu Show Nico", "Euronico" e "Nico D'Obra", ou ainda o projeto "Senhor Feliz e Senhor Contente", em colaboração com Herman José.

Além do humor, Nicolau Breyner participou também em séries como "Fúria Do Mar", "Vingança", "Flor Do Mar", "Casos Da Vida" ou "Equador". Ao longo da sua carreira, Nicolau recebeu três Globos de Ouro de Melhor Ator em "Kiss Me" (2004), "O Milagre Segundo Salomé" (2004) e "Os Imortais" (2003). Os seus últimos trabalhos no grande ecrã datam de 2014. São eles "Virados do Avesso", de Edgar Pêra e "Os Gatos não Têm Vertigens", de António-Pedro Vasconcelos. Também em 2014 formou a sua escola de atores, a NB Academia.

Sem comentários:

Enviar um comentário



 
Powered by Blogspot