fazer um site gratis no aqui

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

“PRECISAMOS DE COMEÇAR A GERAR EMPREGOS DE QUALIDADE INVESTINDO NO CAPITAL HUMANO”

A Eurodeputada Sofia Ribeiro interveio sobre a crise social que afeta a Europa e as necessidades sobre o emprego, numa reunião que juntou toda a família política do Partido Popular Europeu (maior grupo político do Parlamento Europeu), no âmbito da Semana Interparlamentar Europeia 2016. O encontro decorreu esta semana, no Parlamento Europeu, em Bruxelas, e proporcionou debates conjuntos entre os eurodeputados e deputados nacionais de toda a União Europeia.

A eurodeputada dos Açores começou por referir que “somos confrontados com o desafio dos enormes fluxos migratórios e de refugiados que vêm para a Europa”, tendo acrescentado que "se quisermos permanecer no caminho para o crescimento sustentável, precisamos de começar a gerar empregos de qualidade reformando as nossas economias e investindo no capital humano dos nossos cidadãos, o que requer uma actualização urgente da legislação laboral em conformidade com as necessidades dos cidadãos e das empresas".

Esta reunião do grupo PPE, que contou como oradoras principais as Eurodeputadas Sofia Ribeiro e Esther de Lange, vice-presidente do PPE, teve como objectivo proporcionar o debate em torno das mudanças recentemente propostas para o processo do Semestre Europeu, o intercâmbio de informações sobre as melhores práticas na execução destes ciclos, bem como o reforço da cooperação no sentido de acompanhar as acções do executivo a nível nacional e europeu.

Segundo Sofia Ribeiro “o diálogo com os parlamentos nacionais assume uma importância crucial para apoiar a recuperação económica através de reformas estruturais, consolidação das finanças públicas e lançamento de investimentos reprodutivos”, tendo acrescentado que "apoio uma participação mais intensa dos parceiros sociais a nível das instituições europeias, pois se queremos manter o crescimento sustentável a longo prazo na Europa, precisamos trabalhar com todas as partes envolvidas neste processo”.

A finalizar a sua intervenção, Sofia Ribeiro revelou ainda ser fundamental "antecipar a negociação do Semestre Europeu e manter uma articulação contínua ao longo de todo o ano, não apenas na fase da definição das políticas do próprio Semestre, mas também na fase de implementação, para permitir a avaliação continuada e a sua readequação às necessidades dos Estados Membros e da União Europeia, quando necessário”.

Sem comentários:

Enviar um comentário



 
Powered by Blogspot