fazer um site gratis no aqui

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

A VELHA CASA

Pedra a pedra e argamassa de sonhos foi construída essa casa já velhinha, sorriso aberto na esperança de cada dia.

E as paredes cresciam, cresciam regadas de suor, amor e canseira e um lar surgiu!

Com dois quartos e cozinha o quanto basta para albergar amor a vida inteira. Três gerações aqui viveram, tantos sonhos acalentaram na vindima do amor, colheram abraços e beijos, prazer e dor loucos sonhos e desejos. Houve tristezas, lágrimas paraquedistas dos olhos saltaram deslizando em rostos curtidos de agrestes nortes e em faces acetinados.

Sorrisos tímidos ou abertos renasceram em cada manhã irradiando felicidade. Brincaram petizes nas cercanias ecoaram no espaço as gargalhadas, arco íris de esperanças renascidas.

Tantos cachopos aqui nasceram brilhou o sol em cada olhar houve dor em maré cheia transbordando, ninguém ficava indiferente à dor alheia.

A partilha não era palavra apregoada que se olvida era compartilhada na ternura das mãos dadas.

No borralho a chama sempre acesa, um cheiro no ar do pão no forno cozido fraccionado, era e por todos repartido, a cozinha era a sala de estar da família de coração unido. Resta a solidão a saudade de luto vestida e, a roseira, outrora sempre em botão, que perfumava a casa, resiste, mas tão velhinha e cansada de espinhos vestida, sem a carícia das mãos que outrora, a faziam renascer.

Minha mãe era uma rosa.
De face levemente enrugada.
Para mim era mais formosa
Que a fresca e loura madrugada
Tem a rosa encanto e sedução
E perfume que enebria.
É frémito em meu coração
Rosa bela a Virgem Maria.

“Concelho Povoacense o mais lindo”. Decerto seria se velhas moradias, pelo menos as fachadas, beneficiassem de arranjo decente, tapadas nas portas e janelas bem assim pintura ou caiação das mesmas. Desconhecendo proprietário ou herdeiro, ou falta de entendimento de quem esteja na diáspora e não sendo viável que avance a Secretaria de Habitação degradada, Câmara Municipal e Junta de Freguesia para que o Concelho seja o “mais lindo”. Proprietários o vosso egoísmo; um tudo querer e nada fazer é anómalo.

Benjamim Carmo

Sem comentários:

Enviar um comentário



 
Powered by Blogspot