fazer um site gratis no aqui

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

NÚMERO REDUZIDO DE OCORRÊNCIAS RESULTA DAS "MEDIDAS ADOTADAS PELA POPULAÇÃO", AFIRMA PRESIDENTE DA PROTEÇÃO CIVIL

Vedação do campo de futebol da Lomba do Alcaide
Foto de: Pedro Mendonça - 15/01/2016
O Presidente do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores afirmou hoje, em Angra do Heroísmo, que as medidas adotadas pela população, em geral, e pelos agentes de proteção civil são a razão para que, até ao momento, não se tenham registado mais ocorrências no arquipélago relacionadas com a passagem do furacão Alex.

José Dias, num ponto de situação sobre essas ocorrências, frisou que, apesar de não se registarem danos de maior, “deve-se manter o alerta e a prevenção até à hora que vigora no aviso”.

“Mantemo-nos em alerta constante, uma vez que permanece o aviso para os grupos Central e Oriental, assim como aconselhamos à população em geral a continuidade da adoção das medidas de precaução, tal como tem vindo a ser feito até ao momento”, salientou o Presidente do SRPCBA.

José Dias adiantou que, até ao momento, foram registadas 19 ocorrências nos grupos Central e Oriental, relacionadas com a queda de árvores, algumas derrocadas e inundações de pequena dimensão, situações de que não resultaram vítimas, feridos ou desalojados.

Fonte: GaCS/SRPCBA/AIC

Sem comentários:

Enviar um comentário



 
Powered by Blogspot