fazer um site gratis no aqui

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

PATRIMÓNIO ARQUITETÓNICO DA POVOAÇÃO PODERÁ SER RECRIADO PARA MAQUETE (COM VÍDEO)

A Professora e Historiadora Susana Goulart Costa e a Arquiteta Sónia Pereira do Atelier “Mi Casa” apresentaram, recentemente, na Câmara da Povoação um projeto que visa divulgar e promover o património natural e cultural dos Açores mas com um especial enfoque na Povoação, através da elaboração de maquetes que irão contar a memória dos edifícios históricos e lugares emblemáticos do município povoacense. “Nós apresentámos algumas propostas ao Presidente da Câmara. Talvez dois dos imóveis que nos irão merecer mais atenção, numa primeira fase, serão a Ermida de Nossa Senhora das Vitórias, com a lagoa incorporada, e o Forte da Mãe de Deus. Teríamos, assim, um equipamento religioso e um outro civil, a par de outras igrejas locais. O nosso objetivo é que a maquete tenha um QR code que faça depois o desdobramento do edifício em causa no seu contexto histórico e geográfico. Portanto, não será apenas uma maquete. É uma maquete que terá como uma espécie de cartão de cidadão anexado a si”, explicou Susana Goulart.

O projeto que será candidatado aos fundos comunitários, no âmbito do “Horizonte 20/20”, passou na primeira abordagem ao Presidente da Câmara da Povoação. “É um projeto de grande interesse porque divulga o património cultural e arquitetónico do Concelho da Povoação, como por exemplo a Ermida de Nossa Senhora das Vitórias, a Igreja de Nossa Senhora do Rosário, os restos do Forte da Mãe de Deus, o Museu do Trigo, as igrejas e ermidas mais antigas, entre outros edifícios que são, de facto, monumentos muito importantes para nós. A sua divulgação ajuda a que possamos potenciar também a nossa identidade cultural e, por outro lado, promover a oferta turística. Ou seja, temos centros de interesse turístico que valorizam a procura dos turistas pelo Concelho da Povoação”, clarificou Carlos Ávila.

Segundo a Historiadora, as maquetes “serão singelas, mas portáteis. As maquetes podem ficar “in loco” junto ao edifício ou lugar que representam, mas também podem fazer parte de feiras e grandes centros de exposição onde o património dos Açores será evidenciado e explorado”.

O projeto que pretende dar forma a maquetes que irão procurar salvaguardar a memória do património cultural dos Açores e especificamente da Povoação será elaborado com matéria-prima local e desenvolvido por Sónia Pereira, do Atelier “Mi Casa” vencedora do Concurso Regional de Empreendedorismo, de 2012, um gabinete que tem como objetivo desenvolver maquetes nas vertentes profissional e de brinquedo. “A ideia de trabalhar com a criptoméria resultou de um teste que veio a provar ser de grande mais-valia. A criptoméria no mundo do modelismo tem um potencial enorme. É uma madeira com muita personalidade e com as características ideais para se trabalhar até mesmo manualmente”, esclareceu a Arquiteta.

Povoação, 19 de novembro de 2015

Texto/Fotos: Gabinete de Comunicação e Imagem da Câmara Municipal da Povoação




Sem comentários:

Enviar um comentário



 
Powered by Blogspot