fazer um site gratis no aqui

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

NETFLIX DISPONÍVEL EM PORTUGAL DESDE ONTEM, 21 DE OUTUBRO (COM VÍDEO)

O Netflix, serviço norte-americano de televisão pela Internet, está acessível a partir de hoje em Portugal, onde ficará o centro de suporte da empresa para os países do sul da Europa.


O Netflix disponibiliza a partir de hoje em Portugal um catálogo de filmes de ficção, documentários e séries que podem ser vistos em qualquer suporte com acesso à Internet e em qualquer momento que o utilizador queira.

Em comunicado, a empresa norte-americana afirma que, com este tipo de serviço, os consumidores decidem “como, onde e quando podem usufruir da sua programação de entretenimento”. Em Portugal, toda a programação será traduzida e legendada em português.

Para que os portugueses possam testar o novo serviço, o Netflix está a oferecer um mês grátis. Quem se registar no serviço vai poder ver, sem restrições, todos os conteúdos que quiser durante 30 dias.

Em Portugal estarão disponíveis, por exemplo, as séries “Narcos”, do brasileiro José Padilha, e “Daredevil”, de Drew Goddard, ambas desenvolvidas para a plataforma, e o filme “Beasts of no nation”, de Cary Fukunaga, o primeiro filme Netflix.

A empresa norte-americana, fundada em 1997 como um serviço de aluguer pela Internet de vídeos enviados por correio, é hoje uma das maiores plataformas de “streaming” pago de filmes e séries pela Internet, com 69,1 milhões de utilizadores e presença em mais de 50 países.

Com a entrada do serviço em Portugal, Espanha e Itália, o Netflix conta ter 74 milhões de utilizadores até ao final do ano.

“House of Cards” foi a primeira série que o Netflix produziu em 2013 e é ainda hoje um dos maiores sucessos da plataforma, mas é a grande ausência no conteúdo em Portugal, cujos direito em Portugal já tinham sido vendidos à SIC.

Os preços do serviço vão desde os 7,99€ por mês, para um streaming com qualidade SD, até aos 11,99€ euros com qualidade 4K e em 4 ecrãs – televisão, computador, telemóvel ou tablet.

Fonte: ZAP / Lusa

Sem comentários:

Enviar um comentário



 
Powered by Blogspot