fazer um site gratis no aqui

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

CARLOS ÁVILA DIZ O QUE PENSA SOBRE A ESCOLA DA POVOAÇÃO

O Presidente da Câmara da Povoação pronunciou-se, ontem, sobre a escola na Povoação.

Para Carlos Ávila, a localização da Escola na Vila é fundamental, a exemplo de outras terras onde é reivindicada a existência de Escolas e até de Universidades, pois elas são sempre razão de dinamização económica e social. “A saída da escola para outro local tornaria a nossa Vila quase num deserto, sem ambiente social, com muito menos pessoas nas ruas. E todos sabemos que onde não há gente, não há negócio e não havendo negócio, não pode haver emprego.

Por outro lado, o edil considera “também da máxima importância que os estudantes estejam integrados na vida do dia-a-dia das nossas comunidades. O controlo social que é naturalmente exercido sobre o comportamento das crianças, dos adolescentes e dos jovens favorece a sua saudável integração social e a sua evolução psicológica como cidadãos perfeitamente integrados na sociedade”. E explicou “ se a escola for construída fora, os alunos estão mais vulneráveis a comportamentos desviantes, podendo até acumular problemas de difícil solução. E deu exemplos: “chamo a atenção para os casos de gravidez na adolescência ou até problemas com drogas, infelizmente. Problemas que em todos os lados podem acontecer, é verdade, mas que acontecem mais facilmente em escolas afastadas das comunidades sociais. E assim tem acontecido”.

O Presidente da Câmara da Povoação explicou que “ não crê que pais gostem de ver os filhos colocados numa escola em lugar isolado e fora de uma comunidade”.

Carlos Ávila questionou mesmo se haverá falta de espaço na escola da Vila que foi concebida para 650 alunos e tem, neste momento, cerca de 500”. “Feito o estudo aos horários deste ano letivo, verifica-se que a escola tem cerca de 77% de ocupação de manhã, até às 13h25, mas a partir desta hora a escola está praticamente vazia. E onde estão e o que estão a fazer os nossos estudantes, aqueles que não têm apoio familiar em virtude dos seus pais estarem a trabalhar. A falta de acompanhamento familiar não deve ser uma preocupação da escola? Creio que sim. Porque há de trabalhar a escola do 1º ciclo até às 15 horas e a escola básica e secundária até às 13h25, na grande maioria dos dias da semana.”

Carlos Ávila diz não ter dúvidas de que “é preciso saber gerir melhor o espaço existente, nem tenho dúvidas de que é preciso saber fazer os horários, sobretudo a favor dos direitos dos estudantes. E se assim fizerem há espaço para todos e até há espaço para mais atividades”. Por isso, o autarca da Povoação aconselhou a escola a ser melhor arrumada porque de certeza ficará a funcionar bem melhor”.

O Presidente da Povoação consegue perceber que a escola precisa de manutenção. “Então que se façam essas obras, mas que nunca se tire a escola da Vila. A nossa escola é uma das melhores fontes da nossa sobrevivência económica e social e a sua atual localização é um dos principais suportes do bom comportamento das nossas crianças, dos nossos adolescentes e dos nossos jovens”.

Povoação, 23 de outubro de 2015

Gabinete de Comunicação e Imagem da Câmara Municipal da Povoação

1 comentário:

  1. O problema da droga na Povoação é deveras mais grave do que aquilo que o texto possa transparecer. Infelizmente é um mal que está bem presente na Vila da Povoação (mesmo no seu centro, digamos assim), que é já, infelizmente, um antro de droga, de degredo e de permissividade para com diversos actos ilícitos, bem às claras e à vista de todos... e até mesmo em frente à Escola.
    Abordar a localização da EBI da Povoação pelo perigo de entrada de droga na escola é uma falácia muito grande e, como demagogia que é, ignora o grave problema, não apresentando soluções e sendo mesmo incapaz de resolver ou solucionar um problema que se tornou num monstro incontrolável. Comece-se por aí - a resolver os verdadeiros problemas sociais da Povoação - e depois se discuta a localização da escola. Se esta não servir, que se pense uma solução viável, unicamente para o bem-estar social, académico e pessoal de toda a Comunidade Escolar.

    ResponderEliminar



 
Powered by Blogspot