fazer um site gratis no aqui

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

A CAMPANHA SOS CAGARRO 2015 ESTÁ NO AR!

O Governo dos Açores promove anualmente a Campanha SOS Cagarro, através da Direção Regional dos Assuntos do Mar, com o apoio da Direção Regional do Ambiente, tendo como parceiros institucionais os Parques Naturais de Ilha e a Azorina, S.A.. Esta campanha visa essencialmente alertar a população açoriana para a necessidade de preservação desta espécie protegida que nidifica nos Açores.

A Campanha, que decorre nos Açores desde 1995, tem como principal objetivo envolver as populações e entidades no salvamento dos cagarros juvenis encontrados junto às estradas e na sua proximidade. Alguns dos cagarros juvenis salvos nos Açores há mais de 7 anos já regressaram ao nosso arquipélago para acasalar e ter as suas crias. A Campanha SOS Cagarro decorre entre 15 de outubro e 15 de novembro, período que coincide com a saída dos cagarros juvenis dos ninhos para o primeiro voo oceânico, e está organizada em 2 vertentes: a de Educação Ambiental e a de Conservação da Natureza.

Visando a sensibilização para os cuidados maisCagarro adequados a ter em situações de encadeamento e atropelamento de cagarros jovens nas estradas, desenvolvem-se múltiplas atividades de sensibilização e educação ambiental junto das escolas da Região. Adicionalmente, são divulgados pelos parceiros da Campanha (voluntários, etc.) materiais promocionais e educativos

Em paralelo, os Serviços de Ambiente/ Parques Naturais de Ilha promovem e organizam, em conjunto com entidades parceiras e colaboradores, brigadas no terreno para recolha de cagarros juvenis, libertando-os na manhã seguinte.

Colabora com a campanha SOS CAGARRO:

• Alerta familiares e amigos para o perigo de colisões e atropelamentos de cagarros durante o Outono;
• Não permitas a perturbação, a poluição e a destruição dos habitats de nidificação das aves marinhas;
• Não permitas a captura de aves para obtenção de isco, alimentação ou puro vandalismo, e sempre que necessário comunica às autoridades competentes as práticas ilegais que observaste;
• Partilha tudo o que aprendeste sobre as aves marinhas com familiares e amigos e contribui para o conhecimento da biodiversidade dos Açores.

Sem comentários:

Enviar um comentário



 
Powered by Blogspot