fazer um site gratis no aqui

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

PERCORRENDO A FREGUESIA DA RIBEIRA QUENTE (COM VÍDEO)

Um Olhar povoacense percorreu a freguesia da Ribeira Quente a 17 de fevereiro de 2015, podendo quem nos segue visualizar em vídeo o percurso pelas suas principais ruas.

Esta freguesia tem cerca de 767 habitantes e é composta por duas zonas distintas: o Fogo, representando 21% dos ativos da freguesia, onde se pratica uma agricultura de subsistência familiar, explorando os terrenos baldios do local; e a Ribeira, representando cerca de 42% da população ativa que vive do mar, concentrando as suas habitações à volta do porto.

A dimensão do setor pesqueiro nesta freguesia, levou a uma aposta no presente e no futuro, e com perspetivas muito animadoras, tendo já sido efetuados grandes investimentos no porto de pesca desta localidade, tornando-o num dos melhores dos Açores.

O povoamento da Ribeira Quente deu-se alguns anos após o das Furnas, a partir de pescadores e podadores de vinha. A velha estrada de acesso remonta ao tempo de D. Miguel, mas foi complementada com a ligação às Furnas concluída em 1940, que incluía os dois túneis construídos na década anterior.

Geograficamente, o porto da Ribeira Quente é um dos mais bem situados da costa sul da ilha de São Miguel, não só pelas suas condições de abrigo, mas sobretudo pela proximidade de bancos de pesca. Este porto é também um importante marco para o desenvolvimento turístico da freguesia, no que respeita às atividades náuticas turísticas como o Whalewatching e a pesca desportiva. Ainda neste domínio, a freguesia da Ribeira Quente possui uma avenida virada para o mar com mais de 1 km de extensão, constituindo uma das principais zonas aprazíveis de passeio do município e zona balnear, que todos os anos atrai milhares de turistas e visitantes.

A sua elevação a freguesia ocorreu em 24 de junho de 1943. A sua toponímica deriva da ribeira de água morna que desagua nesta freguesia.

Sem comentários:

Enviar um comentário



 
Powered by Blogspot