fazer um site gratis no aqui

sábado, 31 de janeiro de 2015

AÇORES COMEMORA DIA MUNDIAL DAS ZONAS HÚMIDAS COM 46 AÇÕES NO ARQUIPÉLAGO

O Governo dos Açores assinala o Dia Mundial das Zonas Húmidas, que se comemora a 2 de fevereiro, promovendo durante a próxima semana um programa de 46 ações que incluem atividades de educação ambiental, com o objetivo de salientar o contributo que estas zonas dão para o desenvolvimento sustentável do arquipélago.

Entre os serviços ecossistémicos prestados pelas zonas húmidas destacam-se o abastecimento dos aquíferos e a filtragem natural dos recursos hídricos, a prevenção de fenómenos climáticos (tanto de cheias, como de secas) e os recursos em biodiversidade, geodiversidade e paisagísticos de elevado valor económico, científico, cultural e recreativo.

Madeira para construção, plantas medicinais, alimento para animais, caules e folhas para tecelagem são alguns dos exemplos de materiais que podem ser produzidos em zonas húmidas geridas de forma sustentável.

Às ações promovidas diretamente pela Secretaria Regional da Agricultura e Ambiente, através da Direção Regional do Ambiente e desenvolvidas pelos Parques Naturais de Ilha e pela Rede Regional de Ecotecas dos Açores, associam-se diversas entidades, como municípios, escolas e organizações não governamentais de ambiente.

O programa regional, que envolveu em 2014 cerca de 600 participantes nas 16 ações realizadas, inclui sessões para escolas promovidas em diversas ilhas mas também uma variedade de iniciativas para outros públicos-alvo, todas de inscrição gratuita.

Neste programa destacam-se visitas interpretativas a zonas húmidas classificadas no Corvo e em São Miguel, saídas de campo para observação de aves no Faial e na Terceira, uma formação no terreno para juntas de freguesia em São Miguel e atividades desportivas na Graciosa, em parceria com o Serviço de Desporto da ilha.

A autarquia da Praia da Vitória, na ilha Terceira, vai distribuir uma banda desenhada às escolas do 1.º ciclo do concelho, promovendo a importância das aves que habitam no Paul da Pedreira do Cabo da Praia.

A Direção de Serviços de Conservação da Natureza e Sensibilização Ambiental, numa parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), traduziu diversos recursos educativos produzidos pela Convenção de Ramsar para esta comemoração, que estarão disponíveis gratuitamente online para educadores e alunos no endereço eletrónico http://educarparaoambiente.azores.gov.pt.

Por coincidir com o Dia Nacional do Vigilante da Natureza, muitas das ações previstas são dinamizadas por estes profissionais, destacando a sua missão na monitorização e vigilância destas áreas protegidas nos Açores.

Os 13 sítios dos Açores classificados ao abrigo da Convenção de Ramsar são as lagoas das Fajãs dos Cubres e da Caldeira de Santo Cristo (S. Jorge), a Caldeira da Graciosa (Graciosa), a Caldeira do Faial, o Caldeirão do Corvo, os complexos vulcânicos das Furnas, das Sete Cidades e do Fogo (S. Miguel), os ilhéus das Formigas e o Recife Dollabarat, o Planalto Central de Terceira (Furnas do Enxofre e Algar do Carvão), o Paul de Praia da Vitória (Terceira) e os planaltos Central das Flores (Morro Alto), Central de São Jorge (Pico da Esperança) e Central do Pico (Achada).

A Convenção de Ramsar, organizadora desta comemoração mundial, convida ainda todos os jovens de idades entre os 15 e 24 anos, a participarem no seu concurso de fotografia digital, que decorrerá entre 2 de fevereiro e 2 de março, estando as informações sobre esta iniciativa disponíveis no endereço eletrónico www.worldwetlandsday.org.

Portugal ratificou esta Convenção em 1980 e tem 31 Zonas Húmidas de Importância Internacional classificadas ao abrigo deste tratado, incluindo as que se localizam na Região Autónoma dos Açores.

A Convenção sobre Zonas Húmidas, geralmente conhecida como Convenção de Ramsar por ter sido adotada a 2 de fevereiro de 1971 naquela cidade iraniana, visa promover a cooperação internacional e incentivar a conservação e o uso sustentável das zonas húmidas.

Para conhecer melhor as Zonas Húmidas dos Açores, os interessados podem consultar os diversos portais temáticos da Direção Regional do Ambiente, assim como o portal oficial da Convenção de Ramsar:



Sem comentários:

Enviar um comentário



 
Powered by Blogspot