fazer um site gratis no aqui

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

MENSAGEM DE NATAL DO PRESIDENTE DO GOVERNO DOS AÇORES, VASCO CORDEIRO

Estamos a viver mais um Natal.

Tempo de Festa, tempo de Paz, tempo de Afetividade.

Mas o ambiente que esta quadra inspira não nos deve alhear da realidade.

É, por isso, que, nesta Mensagem de Natal, as minhas primeiras palavras são dirigidas a todos os Açorianos que atravessam este tempo afetados pelo sofrimento, pela angústia ou pela solidão.

E nesta saudação afetuosa quero dirigir-vos, sobretudo, uma palavra de amizade e de esperança.

Os tempos que vivemos não foram tempos fáceis. Não foram fáceis para os Açorianos, nem foram fáceis para as famílias.

Mas, em tempos como estes, é mais importante do que nunca que todos tenhamos a disponibilidade e a vontade de arregaçar as mangas e de trabalhar para vencer os desafios que enfrentamos.

É essa convicção, é essa força de lutar sempre por um melhor futuro para os nossos Açores que nos anima e que nos motiva.

Este tempo de Natal, em que as luzes dos afetos afastam a escuridão do desânimo, das divisões e do baixar os braços, é também um tempo de renovação.

De renovação da Esperança que, diariamente, nos impele a darmos o melhor de cada um de nós enquanto Povo e enquanto Região.

É essa capacidade de entrega, essa determinação, essa têmpera de que os Açorianos tantas e tantas vezes deram provas ao longo da História para vencer tantos obstáculos que hoje, mais uma vez, se deve revigorar.

E revigorar para que seja possível fazer os Açores seguirem em frente no seu objetivo de serem uma Região cada vez mais próspera, mais solidária e mais coesa.

Cada vez mais próspera para os trabalhadores e para as empresas açorianas, uns e outros verdadeiros obreiros da criação de riqueza e de emprego na nossa terra e, portanto, agentes fundamentais da nossa realização como Povo.

Cada vez mais solidária para com os nossos idosos que têm o direito, que têm o inalienável direito a que tudo façamos para lhes garantir a dignidade da recompensa por uma vida de trabalho e de luta.

Cada vez mais solidária, também, para com todos aqueles que se encontram numa situação de maior fragilidade e que devem ter as oportunidades que lhes permitam ultrapassar as vicissitudes impostas pela vida.

Uma Região cada vez mais coesa entre as nossas ilhas e o nosso Povo.

Reafirmo, pois, a meta e a missão de garantir que estes valores e estes objetivos não esmoreçam na espuma dos dias e constituam uma linha de rumo claro ao longo de mais um ano que se aproxima.

Em meu nome, no da minha família e em nome do Governo dos Açores, desejo a todas as Açorianas e Açorianos, estejam onde estiverem, incluindo as nossas Comunidades, um Feliz Natal e um Ano Novo à medida dos vossos desejos.

Sem comentários:

Enviar um comentário



 
Powered by Blogspot